Confira alguns dos maiores desastres profissionais de 2021

Estão entre os demitidos o ex-governador de Nova York Andrew Cuomo, o irmão dele Chris Cuomo, ex-âncora da CNN, e o rapper Travis Scott.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Travis Scott, Andrew Cuomo, Vishal Garg e Chris Cuomo

Acessibilidade


Vídeo da Forbes traz as histórias de algumas das demissões mais famosas do último ano. Fazem parte da lista o ex-governador de Nova York Andrew Cuomo, o irmão dele Chris Cuomo, ex-âncora da CNN, o CEO do site better.com, Vishal Garg, o rapper Travis Scott e o apresentador australiano Matt Doran.

Andrew e Chris Cuomo perderam seus cargos públicos e privado, respectivamente, após acusações envolvendo assédio sexual.

Vishal Garg, do better.com, demitiu 900 funcionários por uma reunião virtual em vídeo. A repercussão negativa foi tão grande que ele acabou sendo obrigado a deixar a empresa também.

Travis Scott não foi exatamente demitido, mas após um tumulto em um show dele que acabou com dez pessoas mortas e muitas outras feridas, o rapper começou a perder parcerias de marcas e ficará de fora de eventos como o Coachella 2022.

Já o apresentador australino Matt Doran perdeu o emprego depois de entrevistar ninguém menos que a cantora Adele sem ouvir o álbum dela. Detalhe: ele não viu o anexo com o disco enviado pela gravadora ao e-mail dele.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: