Treinador da NBA ensina a ganhar autoconfiança e ter sucesso na carreira

Tanto faz se você é uma estrela do basquete ou executivo de uma empresa: o caminho para ser bem-sucedido e conquistar espaço depende de confiar que os resultados virão.

Anne Sugar
Compartilhe esta publicação:

O treinador de astros do basquete prega que alcançar o sucesso pode demorar, mas é algo que se faz dia após dia

Acessibilidade


Recentemente, conversei com David Nurse sobre seu livro “Breakthrough”. Como ex-jogador profissional de basquete e treinador do Brooklyn Nets, David ajudou no desenvolvimento de mais de 150 jogadores da NBA. Atualmente, ele usa suas habilidades de treinador para ajudar CEOs e empreendedores da lista da Fortune 500. Nurse também tem programas de coaching para ajudar os líderes e seus funcionários a desenvolver sua confiança e habilidades de liderança.

Minha conversa com David se concentrou nas técnicas que ele usa para ajudar os jogadores da NBA a crescer e otimizar suas vidas para o sucesso. Ele enfatizou a importância e o impacto de ter um processo e um sistema para experimentar esse sucesso. De acordo com David, o sucesso não é um acidente, mas um estilo de vida. Isso ajuda um jogador que está sob muito estresse a avançar para o próximo nível: ele não precisa ficar recriando a “fórmula do sucesso”.

Leia também: 5 CEOs dão dicas surpreendentes de liderança

David disse que focar nos resultados, ao contrário da opinião popular, não é o caminho para avançar e construir confiança. Em vez disso, o sucesso tem a ver com o esforço diário. David compartilhou a história de um jogador com quem trabalhou e que queria ser selecionado para o NBA All-Star Team. No entanto, em muitas noites este jogador estava no banco. Então ele se concentrou em se esforçar nos minutos em que estava em quadra – disse David. “Não importa o que aconteça, ele olhou para o quadro geral “de estar no All-Star Team”. Então, em 2020, ele conseguiu.

As táticas All-Star

David ajuda cada jogador e líder a criar seu processo específico para construir confiança e alcançar metas.  Pedi a ele para compartilhar algumas táticas que todos podes utilizar em sua própria carreira.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Pergunte ‘quem sou eu?’

Para ele, ser confiante é conhecer a si mesmo fora do seu trabalho. Então leva as pessoas a refletir sobre esta questão: Quem é você?  David se concentrou nessa questão quando estava treinando Jeremy Lin. Com todo o barulho do sucesso, o jogador estava vivendo o que os outros pensavam dele na quadra. David foi capaz de ajudá-lo a ignorar o barulho e se concentrar em si mesmo e em seu jogo de basquete.

Limpe as dúvidas

David também recomenda que os líderes tentem o exercício do “espelho nebuloso” como forma de “apagar” a dúvida. Como fazer isso? Quando você está tendo um conflito ou uma conversa interna negativa, fique na frente de um espelho e simbolicamente “limpe” o nevoeiro ou a dúvida. Faça essa ação simbólica como forma de reiniciar seu diálogo interno. E embora os líderes tenham sido treinados para nunca se compararem com os outros, David enfatizou que às vezes a comparação pode ser uma coisa boa. Olhe para as pessoas que abriram o caminho para você com seus sucessos. Pergunte: o que eles fizeram que eu possa tentar? Em vez de ver o sucesso deles com inveja, pergunte a si mesmo: “Por que não pode ser eu?” Olhe para os outros que estão mais à frente para obter orientação.

Repita seus melhores momentos

Aproveite o tempo para recriar seus melhores momentos. Quando você não estiver se sentindo confiante, volte e “reproduza” seus sucessos. David compartilhou que é imperativo usar todos os seus sentidos para este exercício: cheirar, ouvir, provar seu momento de sucesso. Por exemplo, talvez você ouça o clique de sua pasta após uma reunião bem-sucedida. Usar todos os seus sentidos ajuda você a imprimir seu sucesso e a construí-lo. David disse que os líderes também podem fazer o exercício do “espelho nebuloso”: depois de afastar a névoa do espelho, visualize seus sucessos com clareza.

Mantenha a perspectiva

Como David compartilhou, às vezes é uma bênção ser preterido para uma promoção ou oportunidade. David viu jogadores e treinadores terem grandes oportunidades para as quais não estavam preparados; inevitavelmente, as coisas vão mal. David também compartilhou que um “não” pode significar que há uma oportunidade melhor no futuro. Uma oportunidade paralisada também pode significar tempo para trabalhar em seu ofício. Também ensinou os líderes a apreciar o tempo e usá-lo para aprofundar suas raízes, para poderem então identificar as ferramentas e habilidades de que precisam para avançar e se concentrar em construí-las.

Abrace o poço

Em algum momento, todo mundo tropeça ou perde a oportunidade, ou seja, não é escolhido para ser o treinador, é demitido ou enfrenta outro revés. David disse para “abraçar o poço”. De acordo com ele, muitas pessoas param quando estão no fundo do poço. No entanto, este é o momento em que você deve continuar avançando. David viu as pessoas abraçarem o pit stop, apenas para mais tarde terem grandes novas oportunidades em seu caminho: posições de coaching, contratos de livros etc.

Também disse que pode haver um propósito invisível para o seu “pit time” e que há muitos no caminho para o sucesso. Abrace o poço, então continue.

Ao praticar essas táticas, o impulso para a frente é inevitável. David disse que os líderes podem aumentar sua confiança e experimentar seus próprios avanços.

Compartilhe esta publicação: