Pós-pandemia: pesquisa mostra que profissionais buscam propósito e novas áreas de atuação

Mais tempo com a família, jornada de trabalho flexível e atividades que se encaixam com o propósito de vida é o que os trabalhadores buscam

Martina Colafemina
Compartilhe esta publicação:

Mais da metade dos entrevistados por uma consultoria de recursos humanos afirmou que perdeu o interesse pela área em que atua durante o isolamento

Acessibilidade


Uma pesquisa da consultoria de RH EDC Group identificou que 91% dos participantes disseram que mudaram seu propósito de vida durante a pandemia. Outro dado relevante é que mais da metade dos entrevistados (53%)  perdeu o interesse pela atividade que desempenhava antes do isolamento. A empresa entrevistou profissionais brasileiros de mercados diversos.

Leia mais: Futuro do trabalho: seu treinamento vai ser um game

Esses descontentamentos com o equilíbrio motivaram a busca por mudanças . Dentro do universo de participantes, 62,3% relataram estar mais focados em oportunidades que facilitam o equilíbrio com atividades pessoais como a prática de exercícios. Para passar mais tempo com a família, as jornadas de trabalho flexíveis são a meta de 51%. ”Durante o período de isolamento, as pessoas passaram a valorizar mais o tempo, saúde e bem-estar. A remuneração ainda é um fator importantíssimo para a atração de candidatos, no entanto, deixou de ser o fator decisivo’’, diz Daniel Machado de Campos Neto, CEO da EDC Group.

Apesar do anseio por novos horizontes, apenas 45% sentem-se seguros para buscar um novo mercado ou nicho para atuar. No passado, esse número estava acima dos 70%, mas a alta do desemprego afeta a segurança emocional dos profissionais.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Compartilhe esta publicação: