Mondelēz anuncia Maximiliano Cardoso como novo CEO no Brasil

Cardoso é o atual presidente da unidade de negócios WACAM, que engloba Colômbia, Peru, Equador, Chile, Caribe e América Central

Logotipo da Mondelēz

A Mondelēz é dona de marcas como Lacta, Bis, Oreo e Club Social

Acessibilidade

A Mondelēz, dona de marcas como Lacta, Oreo e Club Social, anunciou nesta quinta-feira (14) que Maximiliano Cardoso será o presidente da sua unidade brasileira a partir de fevereiro do próximo ano, ocupando o cargo deixado por Liel Miranda, que assume em 2024 a presidência-executiva da Alpargatas.

Cardoso é o atual presidente da unidade de negócios WACAM, que engloba Colômbia, Peru, Equador, Chile, Caribe e América Central.

  • Siga a Forbes no WhatsApp e receba as principais notícias sobre negócios, carreira, tecnologia e estilo de vida

Ele começou na Mondelēz há 23 anos na Argentina e já morou e trabalhou duas vezes no Brasil pela companhia entre 2007 e 2009, quando foi responsável por Club Social/Savory Biscuits, e de 2015 a 2017, quando liderou o negócio de Chocolate. Mais recentemente, liderou a WACAM por cinco anos da Colômbia.

Em maio deste ano, a Mondelēz anunciou investimentos de cerca de R$ 1 bilhão no Brasil, para ampliar a capacidade produtiva de suas fábricas em Curitiba (PR) e em Vitória de Santo Antão (PE) e financiar a entrada da companhia em novos segmentos no país.


Conteúdo publicitário