Galerias de arte australianas proíbem “pau de selfie”

Objeto é um risco para os turistas e para as obras de artes, segundo autoridades..

Compartilhe esta publicação:

O “pau de selfie” virou febre no fim do ano passado por permitir afastar o smartphone o suficiente para que mais pessoas coubessem na mesma foto. Mas parece que a engenhoca está perdendo espaço nos principais pontos turísticos da Austrália. Segundo o site “Mashable”, o principal motivo para a exclusão é a segurança tanto dos visitantes quanto das obras de artes que são visitadas.

Acessibilidade


Entre os locais que já não permitem mais o uso do “pau de selfie”, estão o The National Gallery of Victoria, o The National Gallery of Australia em Camberra e The National Portatrait Gallery. Quem entrar com o objeto será abordado por um segurança para retirá-lo.

As galerias australianas não são as únicas a banirem o novo estilo de fazer “selfie”. Alguns jogos de futebol na Europa, o Metropolitan Museum of Art, em Nova York e outros espaços de exposição nos Estados Unidos e no Reino Unido já proibiram o uso do “pau de selfie”.

Compartilhe esta publicação: