Fortuna de André Esteves cai R$ 1,3 bilhão com prisão na Operação Lava-Jato

Patrimônio do banqueiro recuou para R$ 7,6 bilhões. Ações do BTG Pactual despencaram 21% no dia.

Lurdete Ertel
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Getty Images

Acessibilidade


Um dos mais reluzentes nomes brasileiros da lista de bilionários da Forbes, o banqueiro André Esteves perdeu cerca de R$ 1,3 bilhão de sua fortuna apenas nesta quarta-feira, dia em que foi preso em um dos capítulos mais ruidosos da Operação Lava-Jato.

RANKING: 20 maiores bilionários do Brasil

Fundador do conglomerado BTG Pactual, o empresário teve seu patrimônio reduzido de R$ 8,9 bilhões para R$ 7,6 bilhões no fechamento do pregão de hoje.

O preço das ações do BTG Pactual mergulhou na bolsa nesta quarta-feira, como ressaca da prisão do financista e o envolvimento do nome do banco nas investigações do esquema de corrupção na Petrobras. Os papeis do banco chegaram a despencar 40% ao longo do dia e fecharam em queda de 21% no pregão de hoje. Com isso, o valor de mercado da empresa deslizou para R$ 22,9 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Como os bilionários controlam a sua vida

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Além de fundador, Esteves é um dos principais acionistas do conglomerado.

Compartilhe esta publicação: