Diferenças de percepção sobre Baby Boomers e Millennials

Pesquisa aponta quais são as características mais reconhecidas em cada uma das gerações

Redação
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

Pesquisa aponta quais são as características mais reconhecidas em cada uma das gerações (iStock)

Acessibilidade


Frutos da situação social e econômica em que cresceram, cada geração tem uma perspectiva diferente de vida. Um exemplo disso pode ser notado na comparação entre os Baby Boomers (nascidos entre 1946 e 1964) e os Millennials (que chegaram ao mundo entre o começo da década 1980 e o final dos anos 1990). Uma recente pesquisa mundial da Ipsos Mori, empresa especializada em mercados globais e pesquisas de opinião, revelou as diferenças na percepção de ambas as gerações. E os resultados não são nada favoráveis para os mais jovens.

LEIA TAMBÉM: “Baby boomers” investem mais em redes sociais do que os “Millenials”

Como o infográfico abaixo mostra, as palavras mais associadas aos Millennials são “experientes em tecnologia”, “materialistas”, “egoístas”, “preguiçosos” e “arrogantes”. Em contrapartida, os Baby Boomers podem se vangloriar por serem conhecidos como “respeitosos”, “educados” e “éticos”. O mais curioso é que até os Millenials concordam com o julgamento. Entre eles, 44% reconheceram ser materialistas, 37% concordaram com a citação do egoísmo e 33% admitiram que, em geral, a geração deles é mesmo preguiçosa.

Veja quais são as características mais reconhecidas em cada uma das gerações:

Forbes Brasil

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: