Lava Jato faz buscas em endereço ligado a André Esteves

Escritórios do BTG e Graça Foster também são alvos de operação da PF.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Gettyimages
Gettyimages

Os investigadores afirmam ter encontrado indícios de irregularidades como o acesso pelo BTG a informações sigilosas

Acessibilidade


A Polícia Federal realiza hoje uma nova fase da operação Lava Jato que cumpre mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao Banco BTG Pactual; ao fundador da instituição, o bilionário André Esteves; e à ex-presidente da Petrobras Maria das Graças Foster informou o Ministério Público Federal em nota.

VEJA TAMBÉM: Dois são presos em nova fase da Operação Lava Jato

A investigação é baseada em depoimentos dados pelo ex-ministro Antonio Palocci no âmbito de sua delação premiada, disse o MPF.

“Uma das linhas investigativas diz respeito a possíveis ilícitos envolvendo a venda pela Petrobras ao BTG de ativos na África”, disse o Ministério Público Federal.

“A partir de análise de documentos apreendidos em fase anterior da operação Lava Jato, identificaram-se indícios de que os ativos foram comercializados em valor substancialmente inferior àquele que havia sido avaliado por instituições financeiras de renome no início do processo de venda”, acrescentou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

De acordo com o Ministério Público Federal, os ativos africanos da estatal haviam sido avaliados em entre US$ 5,6 bilhões e US$ 8,4 bilhões, mas o equivalente a 50% desses ativos foram vendidos ao BTG por US$ 1,5 bilhão em 2013.

Os investigadores afirmam ter encontrado indícios de irregularidades como o acesso pelo BTG a informações sigilosas e a possível restrição de concorrência para favorecer o banco.

E AINDA: Operação Lava Jato: Eike Batista é preso novamente

Numa outra frente de investigação, o MPF disse que Palocci afirmou que Esteves teria acertado com o também ex-ministro Guido Mantega o repasse de R$ 15 milhões para que o BTG fosse favorecido em projetos de sondas da Petrobras no pré-sal.

Além disso, ainda segundo o MPF, emails do ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht e depoimentos dados por Palocci indicam que Graça Foster saberia do esquema de corrupção na Petrobras e não teria adotado medidas para combatê-lo.

Graça Foster presidiu a estatal entre 2012 e 2015, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Palocci foi ministro da Fazenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e comandou a Casa Civil sob Dilma. Mantega foi titular da Fazenda nos governos Lula e Dilma.

“Esta é mais uma investigação relativa a possíveis crimes que têm relação com instituições financeiras. Já houve denúncias apontando crimes relacionados a funcionários do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco Paulista e corretoras. A força-tarefa de procuradores e a Polícia Federal têm explorado todas as linhas investigativas na sua esfera de atribuição”, disse o coordenador da força-tarefa da Lava Jato no MPF, Deltan Dallagnol, de acordo com a nota.

Em comunicado, o BTG Pactual confirmou que seus escritórios no Rio de Janeiro e em São Paulo foram alvos de operações de busca e apreensão pela Polícia Federal e disse que está colaborando com as investigações para que tudo seja esclarecido o mais rápido possível.

LEIA AQUI: BTG Pactual prevê crescimento em 2019

“Bem como esclarece que os fatos da referida busca e apreensão foram objeto da investigação independente conduzida por um comitê especial liderado pelo escritório de advocacia externo Quinn Emanuel Urqhart & Sullivan LLP, cuja conclusão indicou não existir indícios para concluir que as alegações de prática de atos ilícitos sejam críveis, fidedignas ou fundamentadas em provas concretas”, afirmou

O advogado Tracy Reinaldet, que representa Palocci, disse que a nova fase da Lava Jato mostra o compromisso do ex-ministro em colaborar com as autoridades.

“A operação deflagrada na data de hoje demonstra a seriedade e a efetividade do procedimento de colaboração realizado por Antônio Palocci, o qual continuará cooperando de modo amplo e efetivo com a Justiça”, disse.

Não foi possível entrar em contato imediatamente com Graça Foster ou seus representantes. O advogado de Mantega também não respondeu de imediato aos pedidos por comentários.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: