Sodiê dá salto internacional e desembarca nos EUA

Divulgação
Primeira loja da marca da ex-boia fria Cleusa Maria da Silva fora do Brasil inaugura sábado (12), em Orlando

Com investimentos de US$ 550 mil, a brasileira Sodiê desembarca em Orlando (EUA), cidade escolhida para abrigar a primeira loja internacional da marca de bolos da ex-boia fria Cleusa Maria da Silva. Instalada na Internacional Drive, a loja de 270 metros quadrados abrirá as portas no próximo sábado, 12 de outubro.

A logística da operação foi um desafio à parte: foi necessário mais de um ano de pesquisas e testes para que os produtos ofertados em território norte-americano chegassem aos mesmos padrões de qualidade das 314 unidades brasileiras. “Tivemos de compreender a burocracia norte-americana, que é tão complexa quanto a nossa”, explia a empresária, que incluiu nas receitas ingredientes mais próximos dos consumidores locais, como a pasta americana. O próximo passo? “Nova York”, afirma.

Bitcoin bate recorde no Brasil

As exchanges brasileiras declararam ter movimentado 301.390.78 bitcoins entre 1º de janeiro e 30 de setembro de 2019 segundo levantamento do site “Cointrade Monitor”. Na cotação do último dia de setembro, esse valor corresponde a pouco mais de R$ 10 bilhões. É a primeira vez que a marca é ultrapassada no país. O recorde anterior, R$ 8 bilhões, foi alcançado em 2017, ano em que a criptomoeda registrou maior popularidade e valor de mercado (U$ 20 mil a unidade). Se a média for mantida, no final do ano, o montante pode chegar a 400 mil bitcoins. O maior volume foi registrado pelo Mercado Bitcoin, responsável por 32,55% do total de movimentações em território nacional.

Missão Antártida

O Airbnb e a Ocean Conservancy, entidade sem fins lucrativos de defesa do meio ambiente, anunciaram o Sabático na Antártida, uma oportunidade para cinco pessoas viajarem para o mais remoto continente da Terra. Por lá, elas se juntarão à cientista Kirstie Jones-Williams em uma missão inédita de pesquisa científica. A aventura começa em dezembro: os voluntários vão coletar amostras de neve para um estudo que tenta entender até que ponto os microplásticos chegaram ao interior da região.

“A iniciativa nos ajudará a entender os trajetos do microplástico até regiões remotas. Será um trabalho árduo, com o rigor científico exigido durante condições de inverno implacáveis. Estamos procurando pessoas apaixonadas, com um senso de cidadania global, empolgadas para fazer parte da equipe e voltar para casa e compartilhar nossas descobertas com o mundo”, diz a cientista. A expedição de um mês incluir um treinamento de imersão em Punta Arenas, no Chile, uma visita ao Polo Sul e a exploração de lugares de incrível beleza, como Drake Icefall, Charles Peak Windscoop e Elephant’s Head. As inscrições devem ser feitas aqui.

Sustentabilidade em alta

A sustentabilidade saiu do discurso e virou fator de decisão de compra no mercado brasileiro de higiene e beleza. A conclusão é do estudo “Green Is the New Black”, da unidade brasileira da Nielsen. Segundo a empresa de análise de dados, o conceito de sustentabilidade mudou nos últimos anos. O que antes girava em torno apenas da preocupação com o meio ambiente, hoje permeia várias esferas: de embalagens reaproveitáveis e ingredientes naturais a testes em animais. Ser sustentável já está entre as três principais preocupações para mais de 32% da população.

Segundo o levantamento, a área de ingredientes naturais é a que registrou o maior ritmo de crescimento e, além da embalagem, foi o critério mais reconhecido pelo consumidor como sendo “sustentável”. O maior segmento é o de cruelty free, que representa 11% do mercado analisado de H&B e tem taxa de crescimento 61% maior que produtos classificados como não sustentáveis. Já o grupo de produtos veganos, apesar de representar 3% do faturamento, tem aumentado as vendas no mesmo ritmo de cruelty free. O grupo de ingredientes naturais é o que tem o maior ritmo de crescimento, com taxa de 124%.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).