Manifesto olímpico original deve alcançar até US$ 1 milhão em leilão

Redigido pelo fundador do COI Pierre de Coubertin em 1892, documento defende a busca atlética fora dos parâmetros do treinamento militar.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Issei Kato/Reuters
Issei Kato/Reuters

Anéis olímpicos em Tóquio

Acessibilidade


Enquanto atletas de todo o mundo se preparam para lutar pela medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio no ano que vem, um artefato de 127 anos que descreve a própria fundação dos Jogos Olímpicos modernos deve atingir uma marca robusta em dinheiro.

Espera-se que o manifesto original dos Jogos Olímpicos alcance até US$ 1 milhão em leilão na próxima semana, de acordo com a casa de leilões Sotheby’s.

VEJA MAIS: Intel usará Olimpíada de Tóquio para apresentar novas tecnologias

O documento, redigido pelo fundador do Comitê Olímpico Internacional Pierre de Coubertin em 1892, descreve a base para ressuscitar os Jogos Gregos antigos e defende a busca atlética fora dos parâmetros do treinamento militar.

“Não há organização internacional que exista relativamente inalterada por 125 anos e que realmente promova a paz”, disse à Reuters o chefe do Departamento de Livros e Manuscritos da Sotheby’s em Nova York, Richard Austin.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Um dos grandes fundamentos dos Jogos Olímpicos é que as nações podem competir umas contra as outras sem ir à guerra.”

Quatro anos após a elaboração do manifesto, os Jogos modernos estrearam em Atenas, na Grécia.

A Sotheby’s, que exibe o documento em Nova York a partir de hoje (14) até o dia do leilão, em 18 de dezembro, já vendeu objetos esportivos semelhantes no passado, incluindo as Regras Fundamentais do Basquete de James Naismith por mais de US$ 4 milhões em 2010.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn
Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.
Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: