Noiva grávida de Boris Johnson teve sintomas de Covid-19 e está melhor

Premiê britânico disse ontem (03) que estava isolado com sinais leves da doença.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Chris-J-Ratcliffe-GettyImages
Chris-J-Ratcliffe-GettyImages

Johnson, de 55 anos, e Symonds, com 32, anunciaram em fevereiro que estavam esperando o primeiro filho juntos e que estavam noivos

Acessibilidade


Carrie Symonds, a noiva grávida do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, disse que passou a semana passada na cama com sintomas do novo coronavírus, mas depois de sete dias de descanso sentia-se mais forte e estava melhorando.

“Passei a semana passada na cama com os principais sintomas do coronavírus. Não precisava ser testada e, depois de sete dias de descanso, me sinto mais forte e estou melhorando”, declarou Symonds.

“Estar grávida com Covid-19 é obviamente preocupante. Para outras mulheres grávidas, leiam e sigam as orientações mais atualizadas que eu achei muito tranquilizadoras.”

LEIA MAIS: Boris Johnson testa positivo para coronavírus

Johnson disse ontem (03) que estava isolado com sintomas leves de Covid-19, incluindo aumento da temperatura, sete dias depois de ter testado positivo para o novo coronavírus que causa a doença respiratória.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Johnson, de 55 anos, e Symonds, com 32, anunciaram em fevereiro que estavam esperando o primeiro filho juntos e que estavam noivos.

Depois que Johnson se tornou, no mês passado, o primeiro líder de uma grande potência a anunciar que havia testado positivo, ele se isolou em um apartamento em Downing Street.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: