Johnson promete sistema “imbatível” para rastrear Covid-19 até 1º de junho

Reuters
Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, revelou confiança sobre a eficiência do sistema para rastrear a Covid-19

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse hoje (20) que um programa para rastrear e monitorar casos suspeitos de terem entrado em contato com pessoas que testaram positivo para a Covid-19 estará em vigor até 1º de junho.

Ele afirmou que o governo terá reunido 25 mil rastreadores até o início do próximo mês, capazes de rastrear 10 mil novos casos por dia, enquanto o número total de testes diários chegaria a 200 mil.

VEJA MAIS: Em mensagem de vídeo, Boris Johnson diz que médicos salvaram sua vida

“Temos uma confiança crescente de que teremos um teste, um acompanhamento e uma operação que serão imbatíveis e, sim, isso estará em vigor em 1º de junho”, disse Johnson ao Parlamento em resposta ao líder trabalhista da oposição, Keir Starmer.

O premiê inicialmente disse a Starmer que estava confiante de que a medida estaria em vigor nesta data se outras condições fossem atendidas e que fosse “inteiramente provisório”. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).