Tabloide vence batalha inicial em processo de privacidade aberto pela duquesa Meghan

Max-Mumby_Indigo_Getty-Images
Max-Mumby_Indigo_Getty-Images

A duquesa Meghan está processando a Associated Newspapers por violação de privacidade

A Alta Corte de Londres descartou hoje (1) parte de uma queixa feita por Meghan, a duquesa britânica de Sussex, contra um tabloide por violação de privacidade, determinando que o jornal não agiu desonestamente.

Meghan, esposa do príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth, está processando a editora Associated Newspapers por causa de artigos publicados em seu jornal “Mail on Sunday” no ano passado, que incluíram partes de uma carta que ela enviou ao pai, Thomas Markle.

LEIA MAIS: Harry e Meghan deixarão de ser membros da família real

Em uma audiência da semana passada, o advogado do tabloide argumentou que as alegações de que este agiu desonestamente, agravou a desavença familiar e adotou uma linha contra a duquesa de Sussex ao publicar reportagens ofensivas e falsas não deveriam ser incluídas.

“Concordo que todas as três categorias de alegação deveriam ser retiradas dos particulares da queixa”, disse o juiz Mark Warby em seu veredicto. Ele disse que algumas das questões são irrelevantes, inadequadamente detalhadas ou desproporcionais aos objetivos do caso.

Desde seu casamento repleto de celebridades, em maio de 2018, as relações entre parte da mídia e o casal, que abdicou de suas funções reais no final de março e hoje mora em Los Angeles, vêm se tornando cada vez mais hostis.

Na semana passada, Harry e Meghan anunciaram que terão “envolvimento zero” com quatro dos maiores tabloides do Reino Unido –incluindo o “Daily Mail”, do mesmo grupo do “Mail on Sunday”–, acusando-os de uma cobertura falsa e invasiva.

O caso de privacidade se concentra em artigos publicados pelo “Mail on Sunday” de fevereiro de 2019 sobre desavenças entre Meghan e seu pai.

(com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).