Vida normal? Saiba quais são os hábitos terão de ser deixados de lado no pós-pandemia

Reprodução Forbes
Degustação de alimentos –como aquele patê novo com torradinha que serviam no supermercado– é um prato cheio e convidativo para a disseminação de germes

Com as medidas extremas de higiene e distanciamento social como condição para reabertura de comércios durante a crise de Covid-19, alguns hábitos cotidianos provavelmente precisarão ser deixados de lado por apresentarem riscos à saúde.

Veja quais na lista a seguir:

Apertos de mão, abraços e cumprimentos com beijos na bochecha: evitar o contato físico é a primeira regra do distanciamento social, o que, consequentemente vale para os afagos e beijos nas bochechas, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

VEJA TAMBÉM: Isolamento social pode mudar a cara do comércio online

Petiscos de escritório, máquinas de café e copas: sim, sua máquina agora é um risco à saúde, com colegas de trabalho pressionando os mesmos botões, tocando a superfície do aparelho e respirando germes potencialmente mortais na superfície; reuniões para almoço, copas compartilhadas e salas de descanso caem entram para o mesmo time de proibições.

“As grandes bandejas de lanches e petiscos expostos são coisas do passado”, disse Marc Margulies, diretor do escritório de arquitetura Margulies Peruzzi, contratado para remodelar os espaços dos clientes para o distanciamento social. “Por mais que gostemos, isso não será viável por muito tempo”.

Buffets, lanchonetes, máquinas de snacks e outras opções de refeições ao estilo self-service –como galões de bebidas em coworkings– poderão ser extintos (por enquanto). O CDC recomenda que a reabertura de restaurantes evite todas as estações de self-service.

Amostras grátis: infelizmente, a degustação de alimentos –como aquele patê novo com torradinha que serviam no supermercado– é um prato cheio e convidativo para a disseminação de germes.

Copos e sacolas reutilizáveis ​​também podem ser coisa do passado, uma infeliz mudança para os ativistas do clima, já que redes de café como Starbucks e Dunkin não enchem mais canecas reutilizáveis. Governos locais em cidades como São Francisco e San Mateo, com com grandes redes como Whole Foods e Trader Joe’s, baniram sacos reutilizáveis.

E AINDA: Se comércio reabrir agora, “não vai ter cliente”, diz Luiza Trajano

As pessoas precisarão procurar outros lugares que não sejam os buffets quentes de supermercado e as estações de sopa, salada e pizza para jantares práticos, pois varejistas nacionais e mercados locais descontinuaram o serviço de autoatendimento, seguindo as orientações do CDC.

Existem muitas outras empresas que podem não estar adequadas ao distanciamento social, como pistas de boliche e casas noturnas. No entanto, elas podem reabrir com medidas de higiene e distância social instituídas pelos proprietários. As medidas recaem em grande parte sob os clientes, que devem estipular suas próprias práticas de desinfecção e distanciamento e ajudar no controle da disseminação do coronavírus. O guia do CDC é uma visão geral das melhores práticas para permanecer livre de coronavírus.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).