Dados adicionais sobre remdesivir mostram melhora na recuperação clínica de pacientes com Covid-19

Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Amr Abdallah Dalsh/Reuters

A farmacêutica Gilead Sciences afirmou que a descoberta sobre o remdesivir requer confirmação em futuros ensaios clínicos

A Gilead Sciences informou hoje (10) que dados adicionais de um estudo em estágio avançado mostraram que seu medicamento antiviral remdesivir melhorou significativamente a recuperação clínica e reduziu o risco de morte em pacientes com Covid-19.

A farmacêutica afirmou que a descoberta requer confirmação em futuros ensaios clínicos.

VEJA TAMBÉM: OMS interrompe estudos de tratamento para o novo coronavírus com hidroxicloroquina e medicamentos para HIV

A Gilead acrescentou que analisou dados de 312 pacientes tratados em um estudo em estágio avançado e um grupo à parte de 818 pacientes com características e gravidade da doença semelhantes às do estudo.

Os resultados da análise mostraram que 74,4% dos pacientes tratados com remdesivir se recuperaram no décimo quarto dia, contra 59% dos pacientes que receberam tratamento padrão, informou a empresa.

A taxa de mortalidade dos pacientes tratados com remdesivir na análise foi de 7,6% no décimo quarto dia, em comparação com 12,5% entre os pacientes que não receberam o medicamento. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).