Deepak Chopra quer usar blockchain para tratar de saúde mental na pandemia

 Craig Barritt/Getty Images
Craig Barritt/Getty Images

Médico indiano Deepak Chopra disse que sua fundação fez uma parceria para enfrentar o problema e combater suicídios

O médico indiano Deepak Chopra está recorrendo à tecnologia mais conhecida como “blockchain” para prestar auxílio de saúde mental e prevenção do suicídio. Um artigo publicado no site do National Institutes of Health chamado “Suicide Risk and Prevention during Covid-19” (“Risco e prevenção ao suicídio durante a Covid-19”, em tradução livre) explica como a prevenção do suicídio precisa de consideração urgente durante a pandemia. O artigo afirma: “Há algumas evidências de que as mortes por suicídio aumentaram nos EUA durante a pandemia de influenza de 1918/1919 e entre pessoas idosas em Hong Kong durante a epidemia de síndrome respiratória aguda grave (SARS) de 2003”.

Chopra, que no início deste ano ofereceu uma meditação gratuita de 21 dias com Oprah Winfrey enquanto o mundo começava a se proteger para evitar a contração ou disseminação da Covid-19, anunciou que a Fundação Chopra fez parceria com a Hedera Hashgraph, uma empresa de tecnologia de contabilidade localizada em Richardson, Texas, para enfrentar a crise de saúde mental e nivelar a outra curva: a das taxas de suicídio.

Deepak Chopra sobre o blockchain

Conversei com Chopra para entender melhor sua opinião sobre o blockchain e acompanhei Mance Harmon, cofundador da Hedera Hashgraph, e sua equipe em relação a esta “fusão” de meditação com tecnologia. Chopra indicou: “Estou estudando o blockchain há um tempo. Sempre acreditei que agora precisamos de uma plataforma que tenha rastreabilidade, colaboração, que tenha prova de trabalho”. Chopra passou a explicar como os conceitos técnicos do blockchain se traduzem em colaboração e transparência entre os indivíduos. “Eu sou um grande estudante da emergência, o que significa que quando você tem uma visão compartilhada, quando você valoriza as diferenças das pessoas, algo acontece quando há verdadeira transparência, quando tudo é mensurável. O blockchain nos move nessa direção.”

Ainda, Chopra explicou sua visão de mundo e como vê o potencial da tecnologia de razão distribuída, descrevendo o que entende como um sistema geralmente corrupto. “Os líderes, ou os chamados líderes, (…) são em sua maioria gângsteres e todos esses sistemas [são] criados para fomentar a corrupção e tudo o que cria uma sociedade divisiva e fragmentada”, disse Chopra.

De acordo com Chopra e Christian Hasker, diretor de marketing (CMO) da Hedera Hashgraph, alguém comete suicídio a cada 40 segundos no mundo. Assim, como Bill Gates busca promover o desenvolvimento de uma vacina com a Fundação Bill e Melinda Gates, uma “vacina” para os desafios de saúde mental associados à Covid-19 poderia resultar do esforço de Chopra.

Deepak Chopra

Forbes: Você pode explicar o que é esta aliança?

Deepak Chopra: A campanha é chamada de Never Alone, uma comunidade global que estará online com o que esperamos ser uma combinação de comunidades online e offline com três aspectos particulares. O aspecto principal é o serviço onde todos se ajudam com as melhores práticas e todos estão disponíveis. Essa é a vantagem do blockchain, você pode acompanhar a conversa, o conteúdo, o que está sendo produzido e de onde veio, você pode adaptar, trocar ideias e melhores práticas. Pense nisso como um sistema de apoio para todos que estão experimentando serviços de saúde mental.

O segundo aspecto é um tipo de prática espiritual: meditação, atenção plena e respiração, ioga, exercícios e também apoio emocional mútuo.

O terceiro aspecto é a comunidade. Assim que tivermos comunidades suficientes totalmente transparentes, com participantes neste esforço eletivo de saúde, bem-estar e principalmente apoio mental, temos uma revolução aqui.

Forbes: Como você e sua fundação se conectaram à Hedera Hashgraph?

DC: Os sistemas distribuídos permitirão sistemas de base para a saúde mental e muito mais. Optamos por fazer parceria com a Hedera Hashgraph, que tem uma plataforma de contabilidade distribuída muito robusta e segura. Além disso, porque as visões sobre governança da empresa são uma parte igualmente importante. Como resultado, nenhuma entidade individual (nenhum país, nenhuma pessoa) pode controlar o conteúdo distribuído, o que permite sua continuidade. Além disso, a DLT (tecnologia da qual o blockchain faz parte) oferece transparência e confiança para que os doadores saibam que seus fundos estão sendo usados ​​para o propósito dado.

Hedera Hashgraph

Forbes: Como começou a colaboração com a Fundação Chopra e como foi a conversa com Deepak?

Mance Harmon: Eu meio que esperava essa pergunta: realmente começou com conversas com Christian, então eu o convidei para participar dela.

Christian Hasker: Em junho, a Fundação Chopra e a fundação de saúde mental John W. Brick fizeram uma transmissão ao vivo de três dias sobre saúde mental que contou com pessoas muito proeminentes, muitas celebridades obviamente convidadas por Deepak. Pessoas como Russell Brand, Drew Barrymore [participaram] e posso te mandar um link para os vídeos. Eles começaram a conversar sobre a iniciativa Never Alone. O CEO da Chopra Foundation tinha uma visão de uma plataforma baseada em blockchain a fim de democratizar o acesso aos recursos de saúde mental.

Hoje, mesmo nos EUA é difícil obter acesso a recursos de saúde mental, mesmo que você tenha seguro, muitos seguros não cobrem recursos de saúde mental, infelizmente, e por isso eles têm essa visão de uma plataforma global e é uma plataforma baseada em blockchain. Assim, fomos apresentados a Poonacha Machaiah (cofundadora do projeto, fundadora da Never Alone Initiative) e Gabriella Wright (atriz, ativista e cofundadora do projeto) que infelizmente foi tocada pelo suicídio pessoalmente (sua irmã cometeu suicídio) então isso é um projeto que está muito perto de seu coração. Com Deepak Chopra, todos nós conversamos em julho sobre como construir esta plataforma na Hedera e apresentamos a eles a Hedera. A empresa é realmente a solução ideal para este tipo de plataforma.

Forbes: Quando a plataforma Never Alone vai ao ar?

CH: A plataforma está sendo construída. A Fase 1 será concluída e estará no mercado no quarto trimestre deste ano, a Fase 2 será no primeiro trimestre de 2021, e a Fase 3 será no segundo trimestre de 2021.

Forbes: Uma das coisas que aconteceram a Deepak quando ele entrou na comunidade da criptografia em 2018 não foi a mais calorosa das recepções: algumas pessoas pensaram que ele não deveria ser associado à criptografia necessariamente porque sentiram que já havia mistério suficiente em torno do assunto. Na verdade, sou cliente de Deepak e faço suas meditações. Eu senti que a reação, particularmente na comunidade Ethereum, foi muito intolerante. Ao falar com Deepak ontem, senti que ele entendeu o blockchain muito bem. É para esse esforço que o serviço é feito, e parece um esforço muito nobre e honesto para responder a uma crise política real. Você acha que, à medida que isso é anunciado, a comunidade criptográfica precisa receber Deepak melhor desta vez?

MH: Presumo que seja o caso em que haverá uma sobreposição de duas categorias de personas que se preocupam com isso. Existem os entusiastas da criptografia e há um certo histórico associado aos da indústria de criptografia que, subjetivamente, parece que se sobreporia perfeitamente àqueles que apreciam o que Deepak está fazendo, o que ele representa e o que ele está tentando trazer para o mercado e para o mundo. Então, sim, acho que algum grupo demográfico dentro da criptografia certamente apoiará o que ele está trazendo. Honestamente, é um pouco surpreendente que a comunidade seja intolerante com o que ele está promovendo.

Forbes: Por que você acha que a Hedera Hashgraph precisa se concentrar nesse assunto específico neste momento?

MC: O que Deepak está fazendo é um bom modelo em geral do que pode ser feito no futuro nesta plataforma. Saindo desse assunto em particular, essa noção de que podemos ter plataformas que fazem gerenciamento de programas, arrecadação de fundos, gerenciamento de conteúdo digital, tudo em um único livro razão distribuído como o Hedera. Somos um bom modelo para isso.

Lideramos no uso de DLT para a criação de soluções completas que basicamente trabalham o crowdsourcing de conteúdo e compensar aqueles que fornecem o conteúdo, os serviços, e ele está fazendo isso no contexto de um organização que está atendendo a necessidades específicas de saúde mental, o que também é uma coisa boa. O modelo é importante para o setor como um todo.

Forbes: Você pode explicar a mecânica do token Never Alone? Como o registro distribuído vai ajudar a garantir que seja uma plataforma confiável? O que realmente acontecerá para que as pessoas saibam que estão recebendo ajuda de profissionais de saúde?

MC: Existem duas coisas nele, o conteúdo em forma de token e a autenticidade do conteúdo. Pensando primeiro no conteúdo em forma de token: haverá um catálogo de conteúdo e registro de serviços e esses ativos serão tokenizados no sentido de que qualquer participação na criação ou curadoria será recompensada usando tokens digitais, o token Never Alone. A parte da autenticidade disso é que o conteúdo em si é uma impressão digital armazenada junto com os metadados no sistema Hedera para que você tenha a capacidade de garantir a autenticidade do conteúdo no futuro e, ao mesmo tempo, tokenizar o conteúdo, fazer o crowdsourcing do conteúdo e fornecer renumeração para aqueles que o criaram.

Além disso, você faz com que os usuários finais do conteúdo saibam que ele é autêntico e não foi adulterado por causa da impressão digital que é criada quando um conteúdo é criado. Você tem rastreabilidade e autenticidade que podem ser verificadas usando o ledger nesse contexto. Quando os ativos são usados, como serviços ou outro conteúdo, esses eventos são registrados, há transparência no uso desses eventos e os contratos inteligentes são automaticamente acionado para creditar os criadores pelo uso do conteúdo. Esse é o quadro geral de como esses recursos se encaixam.

Forbes: Como as pessoas que estão tendo problemas agora podem participar quando o programa for implementado e por que eles deveriam confiar neste sistema se não estão familiarizados com o blockchain?

CH: Outra comunidade com a qual conversamos foi a de investidores que querem fornecer capital para boas causas. Um senhor perdeu o filho devido a uma overdose de drogas. Ele está dando dinheiro indiscriminadamente para basicamente qualquer causa que forneça serviços ou suporte emocional para pessoas em risco pelo abuso de substâncias. Ele não tem como saber como seu dinheiro está sendo usado. Parte do objetivo dessa plataforma é resolver um problema real em torno da caridade, que é a capacidade de designar fundos para uma causa específica por meio de contratos inteligentes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).