Donata Meirelles: A mulher de sucesso

Marca de Ines de la Fressange desembarca no Brasil, no CJ Shops, em São Paulo.

Donata Meirelles
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Ines de la Fressange é musa de Karl Lagerfeld e embaixadora da Chanel nos anos 1980

Acessibilidade


De criatura a criadora: Ines de la Frassange traz sua moda de sucesso para o Brasil

Musa de Karl Lagerfeld e embaixadora da Chanel nos anos 1980; hoje, escritora best-seller e estilista de sua própria marca, que desembarca este mês com armas, bagagens et beaucoup de charme no novo CJ Shops, nos Jardins, em São Paulo. De Paris, Ines de la Fressange fala de moda e de vida.

Donata Meirelles: Seu livro, A Parisiense, foi best-seller no Brasil e agora você abre em São Paulo sua primeira loja na América Latina. Por que o Brasil?

Ines de la Fressange: Fiquei surpresa com o sucesso do livro no Brasil. Meu amigo Bruno [Astuto, jornalista] me contou e achei que ele estava exagerando. Na minha loja em Paris sempre tenho clientes brasileiras, e muitas disseram que seria uma boa ter uma loja no Brasil. Como resistir ao charme brasileiro?

DM: Defina o estilo da sua marca.

IF: Desenho para mulheres com estilo próprio, com personalidade, elegantes sem ser caretas e atualizadas sem ser fashion-victims. Faço roupas para a vida, para se movimentar, rir, dançar. Acredito que as brasileiras se identificam com isso.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Uma brisa parisiense chegando a São Paulo, básicos de luxo para os dias de verão --faça chuva ou faça sol-- e muitas flores, porque “gentileza gera gentileza”.

DM: Como foi a transição de modelo para estilista, de criatura para criadora?

IF: Adorei o “de criatura para criadora”! Foi uma aventura fantástica. Com Karl Lagerfeld inventamos o papel da embaixadora de marca e mostramos que Chanel ainda era um estilo totalmente viável – o que estranhamente não era tão óbvio na época. Eu ficava no estúdio com ele, participando do desenvolvimento da coleção. Aprendi meu ofício com o melhor professor na melhor escola.

DM: Quanto a pandemia afetou a indústria da moda e nossa relação com ela?

IF: Estou orgulhosa por minha marca estar viva – as vendas online têm crescido. Algumas coisas com que estávamos acostumados não vão mais voltar, mas a moda nunca morre. Acredito em um maior frescor, alegria e autenticidade. Adquirimos certa sabedoria, espero…

DM: Modelo, escritora, estilista. O que vem a seguir?

IF: Ah, sinto prazer em várias coisas: decorar um hotel, viajar para a Índia ou trabalhar na mecenat-cardiaque.org, que auxilia crianças com doenças cardíacas. Tudo é possível e tem a ver com as pessoas que te acompanham nessa jornada. Portanto, valorize suas conquistas e aproveite a vida.

Dress Code: por dentro e por fora

Divulgação
Divulgação

ONG Flor Gentil doa flores para lares de idosos, hospitais, instituições assistenciais e até estações de metrô de São Paulo

Primavera no Coração

Desde 2010 a Flor Gentil se encarrega de transformar o cotidiano de lares para idosos, hospitais, instituições assistenciais e até estações do metrô de São Paulo em um jardim de empatia e gentileza. Os voluntários da ONG recolhem e dão um novo destino ao descarte das flores da decoração de grandes festas e eventos. Devidamente selecionadas, elas viram novos arranjos, distribuídos para mais de 70 instituições cadastradas. “Existem poucos projetos voltados para uma população carente de atenção como são os idosos”, lembra Cecília E. Maia, diretora da Flor Gentil, criada originalmente por Helena Lunardelli. “Trata-se de uma forma de levar um momento feliz até eles”, resume. Os arranjos também são enviados para eventos de comunidades carentes. Devido à suspensão de grandes festas devido à pandemia, a Flor Gentil precisa de ajuda para manter o ciclo virtuoso “gentileza gera gentileza”. Acesse já: www.florgent il.com.br

Equipamento de Estilo

Veja, na galeria de imagens a seguir, ítens que são ícones com toques do momento, nobreza vintage e dicas da especialista para a mulher de sucesso atemporal:

  • Conselhos de amiga

    Le chic de Paris em dicas de moda, beleza, decoração e endereços no imperdível best-seller de Ines de la Fressange, A Parisiense

    Divulgação
  • Arrasando na chuva

    Galocha Wellington, da Hunter: ícone para o mau tempo inglês. Agora produzida com material sustentável, respeitando as normas da biodiversidade

    Divulgação
  • A cor da hora

    Relógio Rolex com visor colorido: um toque de ousadia em um símbolo atemporal

    Divulgação
  • Vitoriosa

    Minimalista, pero no mucho, a bolsa Triomphe, da Celine, está em altíssima cotação

    Divulgação
  • Rico e suave

    A coleção se chama “Dois Irmãos”, a inspiração é o Rio dos anos 1960 e o anel, uma tentação da joalheria Prasi

    Divulgação
  • Jogada de mestre

    O mocassim está no figurino de O Gambito da Rainha (Netflix), a série mais estilosa do momento. Entre no clima com este da Gucci

    Divulgação
  • Herança Toscana

    Prato Oriente Italiano Ginori: requinte da mais antiga manufatura de porcelana da Itália

    Divulgação

Conselhos de amiga

Le chic de Paris em dicas de moda, beleza, decoração e endereços no imperdível best-seller de Ines de la Fressange, A Parisiense

Com Mario Mendes e Antonia Petta

Donata Meirelles é consultora de estilo e atua há 30 anos no mundo da moda e do lifestyle.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: