Marina Ruy Barbosa, de atriz à business woman: “Me reencontrei no papel de empresária”

Gabriela Schmidt
Gabriela Schmidt

Após lançamento durante a pandemia, label fashion da atriz Marina Ruy Barbosa chega a lojas multimarcas, expandindo os pontos de contato com os consumidores

As lentes e os flashes das câmeras, as luzes dos estúdios e o sucesso são amigos de infância de Marina Ruy Barbosa – sim, o sobrenome vem do célebre jurista, diplomata, orador e político brasileiro, de quem é tetraneta. Desde que ela chamou atenção de crítica e público na telenovela “Belíssima” e no filme “Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida”, no início dos anos 2000. Sem esquecer o enorme sucesso na TV como a garota “Totalmente Demais”, em 2015.

Corte para 2021: aos 26 anos, a atriz e celebridade se encontra em um novo papel. “Estou vivendo um momento maravilhoso como empresária. A Shop Ginger, marca de moda que lancei no ano passado, completou um ano e está em pleno crescimento”, contou Marina à coluna.

LEIA TAMBÉM: Hortência Marcari, campeã e comentarista esportiva: “Se 48% dos atletas olímpicos são mulheres, isso é uma grande conquista”

Segundo ela, nos primeiros seis meses de atividade, em 2020, o label apresentou um crescimento de 1010% em relação ao primeiro mês, em seu lançamento. “Temos muito para comemorar e agradecer!”, diz orgulhosa.
Shop Ginger é o resultado do encontro de Marina com a publicitária Vanessa Ribeiro, sua sócia no negócio: “Nosso comprometimento é com uma moda mais inteligente e com olhar voltado para o futuro”, resume a empresária sobre lançamentos que não acompanham o calendário convencional – marcado pelas estações do ano – e a preocupação com o impacto da produção de roupas sobre o meio ambiente – estimulando o consumo consciente, o uso e o reuso de peças não focadas no caráter descartável das tendências.

A nova coleção, chamada “Patinadora”, celebra o primeiro ano da marca e sua expansão além do e-commerce. “Abrimos nossa operação de vendas em lojas multimarcas e inauguramos o serviço de personal shopper. Estou muito feliz e cheia de planos para esse novo ciclo”, avisa Marina, que aparece entre as modelos nas fotos da campanha de lançamento.

Julho de 2021 também significou a volta de Marina Ruy Barbosa ao circuito internacional de eventos do showbiz, com sua presença na primeira edição pós-distanciamento social do Festival de Cannes. Para ela, o momento não poderia ser mais oportuno: “Jodie Foster, uma atriz que admiro e respeito muito, foi a grande homenageada e a cineasta francesa Julia Ducournau conquistou a Palma de Ouro, com seu filme ‘Titane’”. Marina lembra ainda que Julia é a segunda mulher na história do festival a receber o prêmio máximo, desde a neozelandesa Jane Campion, com o filme “O Piano”, em 1993. “É uma grande honra ser convidada para Cannes e atravessar mais uma vez aquele tapete vermelho. Celebrar a arte do cinema é muito importante”, afirma.

Entre a arte, a moda e responsabilidade social, Marina faz um balanço de sua vida e obra: “Trabalho desde os nove anos de idade e foi um longo caminho para conquistar esse espaço. Hoje, me sinto ​realizada em poder escolher meus parceiros, meu trabalho e meus planos”.

A seguir, os melhores momentos de um encontro com Marina Ruy Barbosa.

Sucesso, aqui estou eu

“No início eu encarava o sucesso como uma oportunidade para fazer várias coisas ao mesmo tempo e estar envolvida ao máximo em trabalhos relevantes. Hoje descobri que, na verdade, sucesso é ter o privilégio de escolher os projetos que me movem e me interessam. Todos temos as mesmas 24 horas no dia e poder usá-las com intenção e significado é a maior definição do sucesso para mim.”

Papel principal

“Conciliar várias atividades ao mesmo tempo é sempre um desafio, mas estou bastante acostumada. Eu me sinto muito confortável assumindo diferentes responsabilidades. Sou apaixonada por tudo o que faço, mas confesso que me reencontrei no papel de empresária, com novas perspectivas e descobertas todos os dias. Adoro sair da zona de conforto e estar à frente de uma marca de moda é um novo e exigente capítulo na minha trajetória. Estou muito feliz em ter seguido esse caminho.”

Equilíbrio online

“Como muitas coisas na vida, o tipo de visibilidade que conquistei nas mídias sociais tem seus ônus e bônus. É maravilhoso poder estar em contato direto com o público e criar uma conexão com os meus seguidores – encaro isso com muita responsabilidade. Ao mesmo tempo, a internet é um espaço que dá margem para a intolerância, o preconceito e o ódio. Críticas e julgamentos fazem parte da vida, mas ganham uma outra proporção no ambiente online. Hoje, aos 26 anos, me sinto mais madura para lidar com as pessoas ligadas a esse meio. Não estou presa ao que as pessoas pensam de mim e, em tudo o que faço, prezo pela verdade. Quem eu sou e em que eu acredito é muito mais importante do que construir uma imagem feita apenas para satisfazer as expectativas alheias.”

Faça moda e faça o bem

“Tenho o maior orgulho em ser madrinha da Gerando Falcões, uma organização social que atua em periferias e favelas trazendo esporte e cultura para crianças e adolescentes, além de qualificaç​̧ão profissional para jovens e adultos. No lançamento da minha marca, estivemos juntos para movimentar essa causa importante – 100% do lucro da nossa primeira coleção, chamada ‘Prefácio’, foi revertido para a instituição.
Como abrimos o negócio em meio à pandemia, não faria sentido começar sem estar atrelado a um grande propósito para ajudar nosso país naquele momento de fragilidade. Felizmente, a coleção se revelou um grande sucesso de vendas – esgotamos o estoque em menos de 12 horas – e pudemos ajudar milhares de famílias em todo o Brasil. Agora em Cannes, tive a oportunidade de participar do amfAR, o gala beneficente em prol da arrecadação de recursos para a luta contra a AIDS. Fiz questão de estar presente e prestigiar.”̃

Consciência fashion

“Através do meu trabalho eu espero colaborar para um mundo mais respeitoso, empático e consciente. Todos podemos fazer a nossa parte, sem necessariamente ter algum tipo especial de status ou posição, porque nenhuma iniciativa é pequena demais. Estou empenhada, no âmbito pessoal e profissional, a buscar soluções para as causas que acredito. A Shop Ginger, por exemplo, carrega em seu DNA o valor da transformação, lutando por uma moda mais inteligente, editada e com olhar voltado para a sustentabilidade. Apoiamos projetos sociais, fazemos escolhas conscientes. Procuro colocar esses valores em prática em todos os âmbitos da minha vida.”

Com Mario Mendes

Donata Meirelles é consultora de estilo e atua há 30 anos no mundo da moda e do lifestyle.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).