Entenda a importância do bem-estar único para animais, humanos e ambiente

Conceito one welfare pode ser chave para melhorar o desempenho da cadeia dos alimentos que vai do campo à mesa.

Carmen Perez
Compartilhe esta publicação:
Debi Bishop/Getty Images
Debi Bishop/Getty Images

Conceito de One Welfare pode melhorar a produtividade no setor agrícola e reforçar laços entre humano, natureza e animais

Acessibilidade


Esse momento em que estamos vivendo com a saúde fragilizada me fez refletir muito sobre uma prática que a gente já tinha há algum tempo e é discutido mundialmente. One Welfare, ou um bem-estar único, é quando reconhecemos as inter conexões entre o bem-estar animal, humano e do meio ambiente. É como se a gente colocasse as necessidades naturais no centro de tudo isso e tomássemos todas as decisões a partir dela.

Esse conceito poderia, em última análise, ajudar a melhorar os padrões globais de bem-estar humano e também do bem-estar animal. Também poderia ajudar a promover objetivos globais importantes, como apoiar a segurança alimentar, reduzir o sofrimento humano e melhorar a produtividade no setor agrícola por meio de uma compreensão de valores e dos altos padrões do famoso bem-estar.

LEIA TAMBÉM: Gestão de pessoas na fazenda: por que a Conforto, com 130 mil bois, montou um RH

E eu insisto, a cada mês ,em trazer um aspecto do bem-estar animal, porque a partir dele nós vemos as verdadeiras transformações nas vidas das pessoas e dos animais dentro da porteira. Tenho muitos exemplos com maridos e mulheres, filhos e famílias que estreitaram esse vínculo de comunicação e de relacionamento através dessas práticas que a gente ensina para o bem-estar único. E uma abordagem de One Welfare  que promove essas ligações diretas e indiretas do bem-estar animal ao bem-estar humano nos sistemas de criação de animais ecologicamente corretos.

 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Forbes Agro (@forbesagro)

Afinal de contas, todos somos únicos e temos sentimentos. E essas experiências e vivências, apesar de toda essa individualidade, formam um ecossistema único. Por esse motivo, é tão importante essa preocupação integrada.

Carmen Perez é pecuarista e entusiasta das práticas do bem-estar animal na produção animal. Há 14 anos, trabalha intensivamente a pesquisa na fazenda Orvalho das Flores, no centro-oeste do Brasil, juntamente com o Grupo Etco, da Unesp de Jaboticabal e universidades internacionais. Foi presidente do Núcleo Feminino do Agronegócio (NFA) em 2017/2018.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: