Você já olhou para o lado hoje?

Emir Memedovski/Getty Images
Emir Memedovski/Getty Images

As pessoas com quem você se relaciona podem influenciar muito os resultados do seu negócio

Eu já contei minha história tantas vezes que acho até um pouco cansativo para você, leitor da Forbes, ter de ler ou escutá-la novamente. Então, pela primeira vez, eu não vou estrear uma coluna me apresentando e o convido, claro, se for do seu interesse, que me conheça melhor por meio das minhas redes sociais: Instagram ou LinkedIn.

O importante aqui é informá-los que a partir de hoje, eu contribuirei semanalmente, neste espaço, e parafraseando o poeta norte-americano Henry David Thoreau, “eu acredito que o conhecimento só é real quando compartilhado”. Por isso, eu o pergunto: “Você já olhou para o lado hoje?”.

Mas, por que eu o pergunto isso? Porque com certeza você já ouviu dos seus pais ou avós o ditado: “Diga-me com quem andas e te direi quem tu és”. Ele se aplica perfeitamente à vida do empreendedor.

Quando você começa a estudar um pouco sobre desenvolvimento pessoal, aprende que é o único responsável por tudo o que acontece na sua vida.

E isso realmente está correto, mas as pessoas com quem você se relaciona podem influenciar muito os resultados do seu negócio.

Só que hoje se fala muito sobre ferramentas, técnicas, marketing e tecnologia, mas quase nada sobre o tipo de conexões que você cultiva, e como elas o afetam.

Por isso, além de todo o conhecimento técnico, você precisa se cercar de pessoas que realmente lhe agregam valor.

Troca de experiências

Eu não vou dizer que o conhecimento não é importante para que você consiga prosperar com o seu negócio, mas um dos fatores que mais contribuem para o sucesso de um negócio é a sua experiência.

Afinal, não existe uma forma de adquirir experiência que não seja investindo o seu tempo no processo, testando e errando até descobrir o que realmente funciona.

Mas, por outro lado, é totalmente possível, e recomendado, aprender o máximo possível com as experiências de quem já passou pelo estágio em que você se encontra hoje.

E isso só vai acontecer se você estiver próximo dessas pessoas, e não de quem não lhe agrega nada.

E a concorrência?

Se você acredita que tem de manter distância máxima dos seus concorrentes, talvez nunca consiga elevar o patamar dos seus negócios.

Simplesmente pelo fato de que é a existência dos seus concorrentes que faz com que você tenha de evoluir em todos os aspectos para se manter competitivo no seu mercado. Por isso, é tão importante ter um canal de comunicação com quem divide o mercado com você.

Além disso, quando você troca experiências com os seus concorrentes, automaticamente, o seu mercado como um todo evolui, e, quanto mais evoluído o mercado, melhor para os seus players.

PayPal e a máfia que mudou o mundo

Você provavelmente já conhece, ou pelo menos ouviu falar sobre o PayPal, uma das plataformas de pagamentos mais utilizadas em todo o mundo.

Mas o que muita gente não sabe é que a importância da empresa vai muito além de gerenciar pagamentos e facilitar a vida das pessoas e das empresas.

Isso porque algumas das maiores empresas do mundo hoje foram lançadas ou fundadas pelos mesmos fundadores da plataforma de pagamentos ou por um de seus primeiros funcionários, e acabaram conhecidos como a “Máfia do PayPal”.

Veja alguns desses casos:

  • Elon Musk: Tesla e SpaceX;
  • Reid Hoffman: LinkedIn;
  • Steve Chen, Chad Hurley e Jawed Karim: YouTube

Esses são apenas três das dezenas de pessoas que passaram pela empresa e que depois criaram negócios que não apenas se tornaram milionários mas que mudaram a vida das pessoas.

Dicas para se cercar de pessoas que agregam

Separei 3 dicas que vão o ajudar a estar mais próximo de quem realmente agrega valor à sua vida e aos seus negócios.

1. Esteja próximo de pessoas que já chegaram aonde você quer chegar

Se você quer chegar longe com seus negócios, ande com pessoas bem-sucedidas, não porque elas sejam melhores do que quem ainda não alcançou esses resultados, mas porque esse tipo de pessoa já percorreu um caminho muito semelhante ao que você está percorrendo, e pode lhe oferecer um outro ponto de vista sobre os negócios.

2. Afaste-se de pessoas negativas

Quem nunca ouviu de uma pessoa próxima que o que você queria, desejava ou sonhava era bobagem e que nunca daria certo?

Nós vivemos em um mundo onde a imensa maioria das pessoas é condicionada a não correr riscos, e isso acabou criando gerações de indivíduos frustrados, que nem sempre querem o seu mal, mas acham que, quando não o incentivam, estão evitando que você se frustre como eles.

Por isso, o melhor que você faz é se afastar de pessoas negativas, porque, dependendo do momento, essa negatividade pode tomar conta de você, e isso pode acabar com o seu negócio.

3. Seja o menos inteligente da mesa

Isso pode soar muito estranho pra você, já que somos egoístas por natureza, mas essa talvez seja a melhor coisa que você pode fazer por você e, consequentemente, para o seu negócio.

Você só vai conseguir elevar o patamar da sua empresa se evoluir com ela, e, quando você está em um ambiente onde você é o mais experiente, ou o mais sábio e o mais preparado, literalmente, você deixa de evoluir.

Por tudo isso, eu proponho um exercício para analisar todas as pessoas com quem você se relaciona, tanto na sua vida pessoal quanto profissional, e avaliar se elas realmente lhe agregam algo.

Você vai perceber que pode começar a mudar os rumos do seu negócio muito rapidamente.

Camila Farani é um dos “tubarões” do “Shark Tank Brasil”. É Top Voice no LinekdIn Brasil e a única mulher bicampeã premiada como Melhor Investidora-Anjo no Startup Awards 2016 e 2018. Sócia-fundadora da G2 Capital, uma butique de investimentos em empresas de tecnologia, as startups.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]com.br).