Camila Yunes: Colecione o que o toca

Mmac72/Getty Images
Mmac72/Getty Images

Uma exposição pode tocar a sua alma

Colecionar é criar o seu próprio gabinete de curiosidades. Colecionar não começa, necessariamente, com o intuito de criar um acervo, mas sim com o desejo de comprar a primeira obra de arte, mas de repente vem a segunda e junto a curiosidade de compreender cada vez mais este universo, os artistas e o seus conceitos.

A arte é um despertar do olhar, capaz de expandir e aventurar a nossa visão de mundo. O que eu mais gosto no trabalho como art advisor é entender quem é cada cliente e como através de cada coleção podemos trazer características abstratas para o concreto. Criar é criar a si mesmo, colecionar idem.

Já ouvi tantas vezes: “eu quero comprar só para investimento”, mas essa frase deixa de ser a principal razão quando você começa a mergulhar no universo da arte. Segundo uma pesquisa realizada anualmente pela UBS, 95% dos colecionadores têm estética e paixão como prioridade no momento da decisão da aquisição, seguido pelo suporte a cultura e 85% como diversificação de portfólio e investimento, que também é um fator muito importante, já que a responsabilidade de escolher os artistas para cada coleção envolve muita pesquisa.

Colecionar não é uma ação pontual e sim um caminhar, quiçá eterno, não conheço colecionadores que pararam de se interessar por arte. E uma das coisas mais bonitas, a arte é livre de interpretação, 50% da obra é feita pelo artista a outra metade existe por meio do olhar de cada espectador.

O que me agrada não necessariamente vai o agradar, gosto é subjetivo, como diz o querido Paulo Bruscky: o que seria do azul se todos gostassem do amarelo? Uma obra o transforma. Uma exposição pode tocar a sua alma. Um artista pode fazer você refletir sobre questões urgentes que jamais tinha pensado.

Ao meu ver, a boa obra de arte é aquela que permeia o seu tempo, mas antes de qualquer coisa, é aquela que causa algum tipo de emoção, esta é a minha dica para vocês, o seu olhar vai mudar, assim como o seu gosto, por isso comecem devagar e por aquilo que é capaz de o tocar.

Camila Yunes é formada em arquitetura pelo Mackenzie e pela Ecole Nationale d’Architecture Paris Val de Seine. Cursou Sotheby’s em Contemporary Art and Its Market, How the Art World Works e Foundations in History of Art. Trabalhou com sales & liaisons nas Galerias Continua e Nara Roesler e na equipe de produção da Galeria Aveline. Hoje é VIP Representative das feiras Armory Show e ARCO. Foi cofundadora do GoART Art Advising de 2015 a 2018. É a fundadora da KURA.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).