Camila Yunes: Projeto Transe cria rede colaborativa no mercado de arte

Loonger/Getty Images
Loonger/Getty Images

O ambiente digital veio para criar novas possibilidades e ser complementar ao que antes existia

O Transe é um daqueles projetos que surgiram durante a pandemia da Covid-19 no Brasil para fazer a diferença. Paro para pensar em como o mercado de arte se mobilizou para criar uma grande rede de colaboração para continuar existindo em meio a tantas mudanças. Gosto dessa potência que a arte tem para se transformar, resistir e se reinventar. O projeto Transe é uma plataforma digital idealizada pela Galeria Fortes D’Aloia & Gabriel, que tem o intuito de criar uma grande rede de apoio a projetos de arte, sejam eles de outras galerias de arte ou espaços independentes.

A estreia aconteceu agora, no início de agosto, com os projetos do 0101 Art Platform, Projeto Vênus, Pivô, auroras, Olhão, Casa do Povo e as galerias Sé, Estação e Superfície. Abrigado no site da Fortes D’Aloia & Gabriel, o Transe interage, conecta e dialoga com múltiplas entidades de arte atuantes no Brasil. Explora as linguagens e desafia novos meios de produzir e apresentar arte para o público, por meio de uma interação de participantes com bagagens diversas de produção artística.

O Transe nasce agora em um ambiente digital, solo fértil de intenção, produção e troca para continuar fazendo arte em tempos de pandemia. O desejo do Transe é expandir, transformar e dar visibilidade para os projetos participantes, como um verdadeiro motor para o circuito das artes.

A primeira rodada fica restrita aos projetos paulistanos, mas a ideia é abrigar exposições de instituições de todo o Brasil. Como um campo aberto de troca, o projeto pretende seguir adiante mesmo após a reabertura de galerias e museus, com novas rodadas a cada 90 dias, a fim de gerar diálogos e reflexões sobre a arte contemporânea no país. Como eu já falei algumas vezes, o ambiente digital veio para criar novas possibilidades e ser complementar ao que antes existia.

Camila Yunes é formada em arquitetura pelo Mackenzie e pela Ecole Nationale d’Architecture Paris Val de Seine. Cursou Sotheby’s em Contemporary Art and Its Market, How the Art World Works e Foundations in History of Art. Trabalhou com sales & liaisons nas Galerias Continua e Nara Roesler e na equipe de produção da Galeria Aveline. Hoje é VIP Representative das feiras Armory Show e ARCO. Foi cofundadora do GoART Art Advising de 2015 a 2018. É a fundadora da KURA.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).