No ponto: De encontro a ou ao encontro de?

katleho Seisa/Getty Images
katleho Seisa/Getty Images

As expressões transmitem ideias completamente opostas e é preciso escolher bem antes de usar

Hoje nós vamos falar sobre expressões, digamos, capciosas. Falarei da mãe, da matriarca, da causadora de inúmeras confusões: da expressão de encontro a. Ora, se o leitor já não se atentou para o possível problema, é sinal ou de que sabe muito, ou de que não sabe nada. Vejamos.

Erramos quando dizemos que as atitudes do cliente vão de encontro à filosofia da empresa? Depende. Se o cliente em questão estiver filosoficamente alinhado à empresa, sim, há problema, pois de encontro a opõe-se a ao encontro de. Professora do céu, não entendi. Acalme-se que é fácil.

De encontro a transmite ideia de divergência, de choque. Logo, se as atitudes do cliente vão de encontro à filosofia da empresa, é melhor não fechar negócio. Pra que ter dor de cabeça, não é mesmo? Outro uso possível diz respeito a choques: o carro foi de encontro ao poste. Simples assim. Ao encontro de, no entanto, remete à ideia de estar de acordo com algo ou com alguém: se suas ideias vão ao encontro das minhas, é sinal de que concordamos.

A própria sonoridade deflagra a situação. Perceba que de encontro a, com sua sonora letra d, evoca, em nós, um certo sentido de discordância, ao passo que ao encontro de, iniciado pela abertíssima letra a, aponta para algo já aprovado, já admitido. Talvez isso faça sentido apenas para mim. Não sei. Mas o importante mesmo é que, na hora de usar o bendito de encontro a você se questione se o correto não seria ao encontro de. Evitemos, pois, confusões.

Até semana que vem!

Cíntia Chagas é uma professora que sempre leva humor e conhecimento ao público. Escritora de dois best-sellers da editora HarperCollins, ela coleciona milhares de alunos nos cursos virtuais que ministra. Palestrante e instagrammer, provou que irreverência, humor e educação podem e devem andar juntos.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).