No ponto: Manda quem pode, obedece quem tem juízo

Cíntia Chagas testa seus conhecimentos sobre o Novo Acordo Ortográfico acerca do uso dos prefixos super, hiper e inter.

Cíntia Chagas
Compartilhe esta publicação:
real444/Getty Images
real444/Getty Images

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, escrevemos superherói ou super-herói? Cíntia Chagas tira as dúvidas acerca dos prefixos super, inter e hiper

Acessibilidade


Hoje, leitor, vamos testar os seus conhecimentos acerca do Novo (nem tão novo assim) Acordo Ortográfico. Você escreveria, por exemplo, que está super feliz ou superfeliz no trabalho? Que se sente hiper realizado ou hiper-realizado com a nova contratação? Não sabe? Prossigamos, então, que hoje você vai aprender.

Os prefixos SUPER, HIPER e INTER seguem a mesma regra: só receberão hífen quando a segunda palavra começar ou com a letra H, ou com a letra R. Assim: super-homem, super-rápido; hiper-humano, hiper-realizado; inter-hospitalar, inter-regional. Captou? “Mas são muitas regras, professora.” Você há de, coerentemente, dizer. Sim, são várias regras, mas que função teria eu na sua vida se não fossem as peculiaridades do seu idioma?

E, se a segunda palavra não começar nem com a letra H, nem com a letra R, escreva tudo junto, juntinho: superamiga, superfeliz; hiperalegre, hipercuidadoso; interestadual, interplanetário. Entendeu? SUPER, HIPER e INTER não podem ficar por aí, soltos. Grudentos, esses prefixos sempre se unem, com ou sem hífen, ao vocábulo seguinte. Simples assim.

Eu também, querido leitor, morro de preguiça do Novo Acordo Ortográfico. Quando este surgiu, em 2008, fiz diversos cursos. Hoje, ele é módulo obrigatório nas minhas aulas de atualização gramatical. E confesso-lhe que não vejo muito sentido nas novas regras. Mas isso é conversa para uma outra hora. Por enquanto, vale a máxima: manda quem pode, obedece quem tem juízo. Obedeçamos e aprendamos, pois.

Cíntia Chagas é uma professora que sempre leva humor e conhecimento ao público. Escritora de dois best-sellers da editora HarperCollins, ela coleciona milhares de alunos nos cursos virtuais que ministra. Palestrante e instagrammer, provou que irreverência, humor e educação podem e devem andar juntos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: