Pole Position em esquema de segurança e saúde

Esporte e medicina se unem em prol da competitividade dentro das pistas e da longevidade da carreira dos pilotos de forma inédita no automobilismo brasileiro

Letícia Datena
Compartilhe esta publicação:
Luís França
Luís França

Nova parceria entre a Stock Car e o Prevent Sports, projeto lançado em janeiro de 2021 pela Prevent Senior, tem como foco maximizar a performance de atletas, prometendo revolucionar o automobilismo brasileiro

Acessibilidade


O preparo físico dos atletas da Stock Car é essencial para garantir uma boa performance, assim como em qualquer outra categoria automobilística de elite do mundo. Mas esta tarefa é de responsabilidade individual de competidores ou da equipe, e cabe à organização da competição prover um sistema de segurança, com equipes médicas e de resgate bem treinadas durante as provas. Quem está à frente deste esquema na principal categoria do Brasil é o Dr. Dino Altmann, diretor médico da Stock e presidente da Comissão Médica da FIA.

Entretanto, uma parceria entre a Stock Car e o Prevent Sports, projeto lançado em janeiro de 2021 pela Prevent Senior e cujo foco é maximizar a performance de atletas, promete revolucionar o automobilismo brasileiro. A ideia é cuidar de forma integral dos pilotos, além de investir ainda mais no atendimento durante as etapas. Isso será feito através de uma série de medidas que envolvem soluções tecnológicas e investimento em infraestrutura de atendimento médico dentro e fora das pistas.

A primeira grande novidade consiste em oferecer a todos os pilotos do grid um acompanhamento permanente, realizando em um primeiro momento, exames físicos, cardiológicos e cognitivos com o fim de fazer um mapeamento individual dos atletas.

“O exame cognitivo que estamos fazendo somente os pilotos do grid que já passaram pela Fórmula 1 ou Indy haviam feito antes”, explicou Dr. Pedro Benedito Batista Junior, diretor executivo da Prevent Senior e um dos líderes do Prevent Sports. Dois são os exames que abrangem a parte mental, o UBrain, uma avaliação feita através de um check-up do cérebro, que mapeia a performance cerebral, possibilitando uma melhoria das habilidades cognitivas, como atenção, memória, tempo de reação e capacidade de adaptação. E o Impact que, segundo Álvaro Razuk, diretor executivo da Prevent Senior e responsável pelo projeto “nasceu para melhorar as práticas de gerenciamento de concussões em todo o mundo”.

Esses e outros estudos possibilitam a compreensão das particularidades física e cognitiva de cada indivíduo em uma escala de alta precisão, através de um processo pelo qual já passaram 10 pilotos do grid.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Dessa forma, além de oferecer para cada piloto um acompanhamento personalizado para aprimorar a performance durante as provas, ainda é possível auxiliar a equipe médica ao realizar um atendimento em pista. Isso porque todos os atletas já terão uma ficha médica detalhada do paciente, o que vai ajudar não só no socorro, mas também na avaliação de danos causados após um acidente. Por exemplo, ao ter uma tomografia detalhada do atleta antes dele sofrer um golpe, será possível, através de uma nova avaliação, mensurar os danos e estipular o tempo de recuperação de forma mais efetiva.

E no que diz respeito à infraestrutura de atendimento, o grupo da Prevent Senior, que é dono da Air Jet Táxi Aéreo, uma das mais bem equipadas empresas atuantes na área de serviços especializados de remoção aeromédica, vai disponibilizar um helicóptero com UTI móvel instalada e atendimento de ambulância. Além disso, a cada etapa será montado um centro médico no autódromo com equipamentos de última geração, com destaque para o atendimento de traumas.

“A Stock Car tem mantido um alto padrão de atendimento médico nas emergências e fico feliz que neste ano esse padrão será ainda melhor com nossa nova parceria. Teremos equipamentos de última geração e procedimentos padronizados no centro médico, oferecendo toda a segurança aos pilotos e aos outros profissionais em caso de acidentes”, comentou Altmann, que além de atuar na Stock Car, é diretor-médico do GP Brasil de Fórmula 1 há 20 anos.

Em suma, é possível dizer que mesmo em meio à pandemia de Covid-19, a categoria vem implementando melhorias importantes e avançando, inclusive na área da saúde, tema protagonista no cenário mundial. A parceria com a Prevent Senior através do projeto Prevent Sports, além de beneficiar o esporte motor, também vai contribuir para que os atletas, através de um acompanhamento preciso oferecido sem custos pela categoria, além de competirem em seu grau máximo de rendimento, tenham a possibilidade de contar com uma carreira mais longeva. Com uma consciência mais profunda de suas individualidades, o atleta poderá treinar e atuar da melhor maneira para ele, evitando sobrecarregar de forma desnecessária o seu corpo, e minimizando riscos dentro e fora dos circuitos.

Letícia Datena é jornalista de esportes há oito anos, e atua no setor do automobilismo desde 2016. Já foi correspondente internacional dos canais Fox Sports e cobriu alguns dos campeonatos mais importantes do mundo, como o Rally Dakar, Rally dos Sertões, o WRC (World Rally Championship), Fórmula E e hoje é uma das responsáveis pelo departamento de criação de conteúdo da Stock Car.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: