No Ponto: A grafia das horas

Se você não tem tempo a perder, deve saber a forma correta de grafar as horas

Cíntia Chagas
Compartilhe esta publicação:

Cíntia Chagas esclarece a dúvida na hora certa: saiba como escrever os horários da forma correta

Acessibilidade


Se você não tem muito tempo a perder, fique por aqui, que o ensinamento de hoje será breve e pontual. Certamente, depois da leitura deste artigo, você perceberá que ele chegou em boa hora. O assunto? A famigerada grafia das horas, leitor.

As possibilidades parecem ser muitas: 07:00, 07h00min, 7hs, 7hrs, 7h., 7H; mas regras existem e devem ser respeitadas. De acordo com o gramático Domingos Paschoal Cegalla, devemos grafar as horas com letras minúsculas, com um simples h, sem os dois pontos, sem o duplo zero e sem o ponto (7h, 13h, 21h).

E, no caso das horas quebradas, é necessário usar o “min”, também sem o ponto (7h30min). Além disso, é possível lançar mão de expressões como “da madrugada”, “da noite”, “da tarde” (são três horas da madrugada).

Pronto, leitor. Não perca tempo e guarde este texto em algum lugar. Certamente, você precisará voltar aqui para consultar. Não falei que eu seria rápida? Bem na hora!

Até semana que vem.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Cíntia Chagas é uma professora que sempre leva humor e conhecimento ao público. Escritora de dois best-sellers da editora HarperCollins, ela coleciona milhares de alunos nos cursos virtuais que ministra. Palestrante e instagrammer, provou que irreverência, humor e educação podem e devem andar juntos.

Compartilhe esta publicação: