EBANX, Dragonlearn & Gupy

arte sobre foto/Getty Images

Sites internacionais ganham acesso a clientes da Caixa

A fintech curitibana EBANX possibilitou a seus clientes internacionais, que incluem a gigante chinesa de e-commerce AliExpress, que ofereçam o cartão virtual de débito lançado recentemente pela Caixa como forma de pagamento. Segundo a startup, a aceitação do cartão, instrumento utilizado pelo governo para o pagamento do auxílio emergencial, é uma forma de criar acesso ao e-commerce para brasileiros, e, ao mesmo tempo, fazer com que sites internacionais cheguem a estes consumidores. Apenas 3,5% das transações online no Brasil são feitas com cartão de débito, segundo levantamento da Americas Market Intelligence. No entanto, o meio de pagamento é prevalente entre os brasileiros: são cerca de 115 milhões de cartões de débito ativos no país, de acordo com o Banco Central, contra 98 milhões de cartões de crédito.

****
 Igor Alecsander/Getty Images

Plataforma de ensino faz doação ao Governo de São Paulo

A Dragonlearn, plataforma online de ensino interativo para estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, fechou uma parceria com o Governo do Estado de São Paulo para doação de acessos para que os estudantes possam continuar os estudos em casa. “Doamos mais de 2 milhões de acessos à plataforma para a rede pública estadual com conteúdos de matemática e inglês. Os alunos poderão utilizar o site gratuitamente durante o período de pandemia até às 18h em mais 20 telas de exercícios gratuitas diárias”, conta Frederico Faria, diretor da Dragonlearn. São mais de 11 mil exercícios das duas matérias, em formato de games para entreter as crianças, e que utiliza recursos de machine learning e inteligência artificial para que possam acompanhar o desenvolvimento de cada um dos alunos, criando um caminho único de aprendizado conforme as dificuldades de cada um.

****
Gupy capta R$ 40 milhões

A Gupy, startup de recrutamento e seleção por meio de inteligência artificial, anunciou a captação de R$ 40 milhões da Oria Capital, gestora de fundos especializada em tecnologia, que investe em organizações já consolidadas em seus mercados. No primeiro trimestre deste ano, a empresa registrou crescimento de 25% na receita. “Neste período de crise, as empresas precisam, mais do que nunca, digitalizar os processos de recrutamento e seleção. Conseguir contratar online e com inteligência artificial se provou além da alternativa mais segura para os colaboradores e os candidatos, a forma mais eficiente e precisa, o que tem nos ajudado a expandir os negócios, mesmo nesse cenário”, comenta Mariana Dias, CEO e fundadora da Gupy. Segundo ela, o aporte será usado para expandir as soluções do portifólio.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).