Uso e qualidade de 4G aumentam durante a pandemia

mikkelwilliam/Getty Images
mikkelwilliam/Getty Images

A porcentagem de tempo que os os usuários de smartphones brasileiros passaram conectados a um sinal de 4G aumentou para 79,3% durante a pandemia

O acesso à internet via smartphone por meio de redes 4G aumentou significativamente no Brasil durante a pandemia, segundo dados da empresa de análise Opensignal.

A porcentagem de tempo que os usuários de smartphones brasileiros passaram conectados a um sinal de 4G aumentou 7,4%, para 79,3%. Esse foi o terceiro maior aumento em termos percentuais (10,2%) observado pela empresa na América Latina em relação ao primeiro trimestre de 2019 e 2020.

Segundo a Opensignal, a qualidade da experiência de vídeo no celular também tem aumentado no Brasil, passando de “razoável” para “boa”. Por outro lado, a empresa nota uma experiência menos consistente, principalmente quando se trata de resoluções mais altas em streaming.

LEIA MAIS: Conheça a startup que levantou US$ 110 milhões para fazer seu celular funcionar em qualquer lugar

Mesmo assim, a pontuação do país em termos de experiência de vídeo através de redes 4G aumentou 11,2 pontos, para 63,2 em uma escala que vai até 100 – apenas 1,8 ponto distante do que posicionaria o Brasil como tendo uma experiência “muito boa” (65-75) nesse quesito.

As velocidades médias de download via 4G no Brasil também aumentaram, de 2,2 Mbps (17,1%) para 15,3 Mbps – posicionando o Brasil em quinto lugar na América Latina depois do Uruguai, México, o território norte-americano de Porto Rico e Argentina.

Angelica Mari é jornalista especializada em inovação há 18 anos, com uma década de experiência em redações no Reino Unido e Estados Unidos. Colabora em inglês e português para publicações incluindo a FORBES (Estados Unidos e Brasil), BBC e outros.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).