Movimento Black Money, Unilever + Eats For You, Squid, Facens & Stefanini Capital Market

arte sobre foto/getty images

Crowdfunding Impactando Vidas Negras chega a 60%

A campanha de crowdfunding Impactando Vidas Pretas, liderada pelo Movimento Black Money (MBM), ultrapassou a marca dos 60% rumo à sua quarta meta, de R$ 200mil. A campanha tem o objetivo de transferência de renda e fomento para dezenas de famílias negras em estado de vulnerabilidade, devido às medidas de quarentena no combate à Covid-19. Até o momento, a iniciativa do MBM é financiada integralmente por pessoas físicas – quase 2 mil apoiadores – e ainda não conta com nenhum apoio institucional.

****
divulgação

Unilever e Eats For You se unem em prol das pessoas em situação de vulnerabilidade

A Unilever e a foodtech Eats For You, que conecta pequenos empreendedores que cozinham em casa a consumidores que buscam refeições caseiras, uniram-se para doar marmitas. A parceria busca atender pessoas em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia – entre maio e junho, as empresas dizem ter doado mais de 10.700 refeições, com mais de R$ 130 mil em renda formal gerada para os cozinheiros da plataforma.

****
Nativos digitais descobrem o mundo offline

Nativos digitais estão se “redescobrindo” com atividades offline durante a pandemia, segundo uma nova pesquisa da empresa de marketing de influência Squid sobre atividades fora da internet no atual contexto de emergência de saúde pública. A audiência jovem de influenciadores digitais tem passado mais tempo com a família, assistindo mais TV (canais abertos e a cabo) e cozinhando mais. Os hábitos de leitura deste público chamam a atenção: 60,8% da geração Alpha, de menos de 16 anos de idade, intensificou a leitura na quarentena. Entre a geração Z, que tem entre 16 e 23 anos, 45% tem lido mais.

****
divulgação

Fab Lab produz suporte para tablets em 3D

O Fab Lab do Centro Universitário Facens tem produzido suportes para tablets ao Hospital das Clínicas, usando impressão 3D. Os itens são utilizados para apoiar os dispositivos usados por pacientes internados e isolados em decorrência do novo coronavírus na comunicação com suas famílias. Um total de 25 itens, que foram colocados em um suporte com rodas para reduzir o contágio por manipulação e facilitar a mobilidade e acessibilidade dos pacientes acamados, foram entregues.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

****
Stefanini Capital Market aposta nas fintechs para crescer

A Stefanini Capital Market, agora SCM, prevê um crescimento de 44% até o final de 2020 e conta com as fintechs para atingir esta meta. Para tal, a empresa do grupo Stefanini, que fornece soluções para automação de processos de backoffice para grandes bancos, está apostando em um pacote de “banking in a box”, de produtos de automatização de processos para atender emissores, corretoras menores e cooperativas de crédito. “Estamos num momento interessante, que combina a modernização da plataforma, o reposicionamento da marca, a ampliação dos segmentos em que atuamos e a chegada de novos clientes. Estamos preparados para conquistar novos mercados, como o de fintechs, que deve expandir seus negócios, especialmente com a regulamentação do open banking”, diz Alexandre Cota, diretor de negócios da SCM.

Angelica Mari é jornalista especializada em inovação há 18 anos, com uma década de experiência em redações no Reino Unido e Estados Unidos. Colabora em inglês e português para publicações incluindo a FORBES (Estados Unidos e Brasil), BBC e outros.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram
t.me/forbesinsider

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).