Dólar fecha em leve alta com atenções a noticiário local

ReutersConnect/Rahel Patrasso
ReutersConnect/Rahel Patrasso

Receios no campo fiscal voltaram ao radar econômico e afetaram o resultado diário do dólar

O dólar fechou hoje (14) com alta discreta ante o real, após mostrar ganhos e perdas mais consistentes ao longo do dia, com as operações locais não conseguindo captar a fraqueza da moeda no exterior em meio ao noticiário político-econômico doméstico.

Além de constantes preocupações do lado da economia, receios no campo fiscal voltaram ao radar. Pontos laterais aprovados em projeto de auxílio a Estados e municípios acenderam o alerta na equipe econômica quanto à possibilidade de descontrole nos gastos em meio à pandemia do coronavírus.

LEIA MAIS: Johnson & Johnson supera expectativas de lucro e receita no 1º trimestre

Para José Márcio Camargo, economista-chefe da Genial Investimentos, o projeto aprovado pela Câmara foi “mal elaborado”, deixando “impossível”, por ora, saber seu custo final. Na visão do economista, o texto incentiva que governadores e prefeitos sejam “lenientes” do ponto de vista das contas públicas.

O dólar à vista teve variação positiva de 0,10%, a R$ 5,1906 na venda.

A atratividade do real mesmo dentro do universo emergente é dúvida. Estrategistas do Morgan Stanley passaram a ficar “otimistas” com moedas de países emergentes em geral, mas excluíram o real (e o peso mexicano) da lista.

“Acreditamos que riscos políticos, junto com fracos fundamentos, deixam essas moedas sujeitas a novas correções”, disseram em nota nesta terça-feira.

LEIA TAMBÉM: Conheça 6 aulas online ministradas por luxuosos hotéis ao redor do mundo

O peso mexicano ainda se valorizava 0,6% nesta sessão. O índice do dólar contra uma cesta de moedas caía 0,5% no fim desta tarde.(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).