Investidor embarca no otimismo global e leva Ibovespa a máxima em 7 semanas

Getty
Getty

O giro financeiro da sessão totalizou R$ 25,95 bilhões

O investidor da bolsa paulista deixou a turbulência política doméstica em segundo plano e seguiu o otimismo de Wall Street com uma possível cura para o Covid-19, levando o Ibovespa à máxima em sete semanas.

Com valorização de 2,29%, terceira alta robusta consecutiva, o principal índice acionário brasileiro fechou o dia nos 83.170,80 pontos, maior nível desde 11 de março. O giro financeiro da sessão totalizou R$ 25,95 bilhões.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O anúncio de um potencial tratamento eficaz para o Covid-19 por parte da farmacêutica Gilead fez os investidores deixarem de lado números assustadores da recessão nos EUA, fruto justamente da pandemia, que já matou mais de 200 mil pessoas no mundo todo.

O Federal Reserve reiterou promessa de fazer o necessário para sustentar a economia, após manter a taxa de juros nesta quarta-feira, após a notícia de que o PIB dos EUA levou um tombo de 4,8% no primeiro trimestre, maior queda em 12 anos.

No âmbito doméstico, o presidente Jair Bolsonaro desistiu da nomeação de Alexandre Ramagem para diretor-geral da Polícia Federal, após sua posse ser impedida pelo Supremo Tribunal Federal.

Enquanto isso, Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que a PEC do Orçamento de Guerra, que permite a separação dos gastos no combate ao coronavírus do Orçamento principal, terá seus dois turnos de votação concluídos entre esta quarta e a próxima segunda-feira.

Neste momento, investidores escolheram observar o “copo meio cheio da garantia da governabilidade política, da aderência à agenda liberal, e da retomada gradual da atividade econômica”, afirmaram analistas da Levante Investimentos.

Mais cedo, o índice MSCI para mercados emergentes entrou num ciclo de valorização, o bull market, após ter acumulado valorização de 20% desde meados de março. No caso da Ibovespa, desde a mínima do ano atingida no mês passado, a alta já chega a 30%.

Na sequência da temporada de balanços corporativos, Multiplan divulgará seus resultados após o pregão, enquanto Bradesco informará os seus antes da abertura de quinta-feira.

A B3 divulgou nesta quarta-feira a terceira e última prévia da nova carteira do Ibovespa, que entrará em vigor em 4 de maio. Minerva, CPFL Energia e Energisa entrarão no índice, enquanto Smiles deixará a carteira. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).