Semana terá a agenda mais esvaziada em termos de indicadores de mercado

NurPhoto/Getty Images
No Brasil, dados do setor externo de março e votações no Congresso estarão em foco

Essa semana terá a agenda mais esvaziada em termos de indicadores de mercado.

Os destaques ficarão para os dados de PMI do mês de abril que serão divulgados de forma global e o que deve traduzir uma piora no sentimento de empresários. Em paralelo, teremos também divulgações de balanços do primeiro trimestre que apresentarão informações no âmbito microeconômico do que foi o impacto do coronavírus (Covid-19) nas empresas. Coca Cola, IBM, Netflix, Amazon, entre outras, são algumas das empresas que compartilharão os resultados ainda essa semana, entre 20 e 24 de Abril.

Na Europa, reuniões de ministros do G-20 e de membros do Conselho Europeu, devem trazer novidades em termos de ajuda para economias mais afetadas e próximos passos que serão feitos para ajudar países mais prejudicados pela Covid-19. Importante estarmos atentos e acompanharmos como a população de países que estão liberando as restrições reagem perante esse afrouxamento da quarentena. Um exemplo é a Alemanha que autorizou a reabertura de alguns comércios e planeja a partir de hoje (20) uma volta gradual à normalidade, que deve avançar com o retorno dos estudantes às escolas a partir de 4 de maio.

No Brasil, dados do setor externo de março e votações no Congresso estarão em foco. MP da carteira de trabalho Verde e Amarela e Orçamento de Guerra devem concentrar as atenções dessa semana. Em segundo plano, mercado de olho no novo Ministro da Saúde, Nelson Teich, e como ele se distinguirá de seu antecessor. No paralelo, a disputa entre o Planalto e o Congresso promete ganhar novos capítulos, após os ataques do presidente, Jair Bolsonaro, ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).