AES Tietê tem lucro líquido de R$ 75,3 milhões no 1º trimestre

A elétrica teve ainda lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização de R$ 312,8 milhões

A elétrica AES Tietê registrou lucro líquido de R$ 75,3 milhões no primeiro trimestre de 2020, alta de 21,5% em relação a igual período do ano anterior, informou a empresa ontem (6).

A companhia, controlada pela norte-americana AES, teve ainda lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de R$ 312,8 milhões no período, avanço de 18,3%.

LEIA MAIS: Conselho de administração da AES Tietê rejeita por unanimidade oferta da Eneva

“Tivemos um grande primeiro trimestre, fruto da estratégia comercial e do crescimento da companhia, que deixou o balanço mais fortalecido”, disse em comunicado a diretora financeira da empresa, Clarissa Sadock.

Ela destacou o fechamento de novos acordos comerciais, o avanço no nível de contratação do portfólio da empresa e uma maior previsibilidade no fluxo de caixa, acrescentando que o cenário da pandemia de coronavírus demanda resiliência do portfólio da elétrica.

“Mesmo com o cenário desafiador que temos pela frente, a AES Tietê continua focada em avançar em sua estratégia de crescimento e geração de valor para seus acionistas”, afirmou.

A AES Tietê esteve envolvida em um imbróglio com a Eneva nos últimos meses, depois de esta propor uma oferta hostil pela combinação dos negócios das empresas, o que foi rejeitado pelo conselho de administração da AES Tietê. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).