Nyse vai reabrir pregão presencial fechado por coronavírus

Andrew Kelly/Reuters
Bolsa foi forçada a adotar operação 100% online por causa da pandemia

A bolsa de valores de Nova York vai reabrir parcialmente as áreas de pregão do icônico edifício 11 Wall Street hoje (26) pela primeira vez desde 20 de março, quando a bolsa foi forçada a adotar operação 100% online por causa da pandemia.

A área de pregão da Nyse, porém, será diferente, com obrigatoriedade de uso de máscaras, regras de distanciamento e cerca de 25% das pessoas, disse o diretor comercial da Nyse, John Tuttle. Apesar disso, ele afirma que a reabertura é significativa.

VEJA TAMBÉM: Uber chega a cair quase 9% em estreia na NYSE

“A área do pregão é muito mais do que o espaço que ocupa. É um símbolo dos Estados Unidos e é um símbolo dos mercados de capitais; é um símbolo da economia e depois dois meses em que o país e o mundo estiveram desligados, queremos liderar a tendência.”

A Nyse informou que a maior parte dos operadores do mercado, que acompanham os negócios das 2.200 empresas listadas na bolsa, continuará a trabalhar de casa, assim como a maior parte dos funcionários do mercado. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).