Sinais positivos de vacinas animam mercados

Douglas Sacha/Getty Images
Novavax divulgou que o primeiro estudo em humanos de sua vacina experimental contra a Covid-19 vai ter início

Os mercados europeus e as bolsas asiáticas operam em alta generalizada, impulsionadas por expectativas em torno de um tratamento para o coronavírus.

A empresa norte-americana de biotecnologia Novavax divulgou que o primeiro estudo em humanos de sua vacina experimental contra a Covid-19 vai ter início. A vacina é uma, de pelo menos dez, que estão atualmente sendo testadas ao redor do mundo.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Ainda no exterior, seguindo o que vimos na reabertura chinesa, a população da Europa ainda mantém um pé atrás mesmo com a liberação dos governos. Os depósitos bancários aumentaram em toda a Europa, com as pessoas respondendo à turbulência econômica e social da crise do coronavírus com mais poupança. O risco é que os consumidores não socorrerão a economia europeia em recessão. Para citar um exemplo, os franceses pouparam quase € 20 bilhões em março, usualmente a variação média mensal de longo prazo, dos depósitos bancários, é de € 3,8 bilhões.

No Brasil, a FGV apresentou o Índice de Confiança da Construção, que subiu 3 pontos em maio, atingindo 68 pontos. Apesar do resultado positivo, o índice acumula queda de 26,2 pontos em relação a janeiro de 2020. Em maio, 51% das empresas do setor indicaram diminuição da atividade e 63% que o ambiente de negócios está fraco.

Por fim, o grupo Latam e suas afiliadas no Chile, no Peru, na Colômbia, no Equador e nos Estados Unidos entraram com pedido de recuperação judicial (Chapter 11) nos Estados Unidos. Há duas semanas, a Avianca fez pedido similar.

As unidades do grupo no Brasil, na Argentina e no Paraguai não estão envolvidas no processo de recuperação.

O socorro as companhias aéreas está ocorrendo em boa parte do mundo. Na Alemanha, a Lufthansa receberá uma ajuda, entre diversos instrumentos, de € 9 bilhões. Nos Estados Unidos, são US$ 25 bilhões em subsídios para as companhias aéreas, para que continuem a pagar seus funcionários pelo menos até setembro.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).