Bruno Funchal sucederá Mansueto no comando do Tesouro

Transição deve ocorrer no máximo até 31 de julho

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Fontes do Ministério da Economia haviam confirmado a informação sobre Funchal

Acessibilidade


O atual diretor de Programas na secretaria Especial da Fazenda do Ministério da Economia, Bruno Funchal, será o novo secretário do Tesouro no lugar de Mansueto Almeida, afirmou hoje (15) o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo Guedes, a transição deve ocorrer no máximo até 31 de julho.

VEJA TAMBÉM: Ministério da Economia vê faturamento cair em 39 de 41 setores no Brasil por Covid-19

Antes disso, duas fontes do Ministério da Economia haviam confirmado a informação sobre Funchal à Reuters.

Funchal já foi secretário de Fazenda do Espírito Santo de 2017 a 2018, no governo de Paulo Hartung.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Desde dezembro de 2019, ele também é membro titular do Conselho Fiscal da Caixa Econômica Federal.

Bacharel em Economia pela Universidade Federal Fluminense e doutor em Economia pela Fundação Getulio Vargas, Funchal tem pós-doutorado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA).

Mansueto afirmou mais cedo nesta segunda-feira que a transição será feita com calma. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: