Ecorodovias eleva lucro no 1º trimestre

Balanços Forbes
O aumento de receita da Ecorodovias refletiu em parte a entrada de novas concessões na base da companhia

A operadora de concessões de infraestrutura Ecorodovias teve aumento de receitas e lucro no primeiro trimestre, mesmo sofrendo os primeiros efeitos das medidas de isolamento social por causa da Covid-19 no fim de março.

A companhia, responsável entre outros pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, que liga a capital paulista ao litoral e ao Porto de Santos, reportou hoje (29) lucro líquido de R$ 103,3 milhões para o período, alta de 23% sobre um ano antes.

LEIA MAIS: Ibovespa fecha em alta e segue para melhor trimestre desde 2003

O aumento refletiu em parte a entrada de novas concessões na base da companhia, como a Eco135, em abril de 2019, e consolidação da Eco050, no mês seguinte.

Assim, o tráfego consolidado de veículos equivalentes pagantes teve alta de 21,2%. Sem isso, o tráfego consolidado teria queda de 3,8%.

O resultado operacional da Ecorodovias medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) pro-forma somou R$ 530,4 milhões, alta de 17,8% ano a ano. A margem Ebitda pro-forma subiu 1,3%, para 69,1%.

A empresa afirmou ter tomado medidas para enfrentar os efeitos econômicos criados pela pandemia como possível adiamento de alguns investimentos, além de contenção de despesas.

A Ecorodovias também antecipou operações de crédito para reforçar o caixa e aderiu ao programa standstill com o BNDES, suspendendo pagamentos de prestações por um seis meses.

LEIA TAMBÉM: Brasil fecha mais 331.901 vagas formais de trabalho e tem pior maio da série do Caged

A empresa fechou março com caixa de R$ 2,08 bilhões, quase estável em relação ao montante do final de 2019, mas queda de 20% sobre o primeiro trimestre do ano passado.

A Ecorodovias afirmou no relatório entender que “suas concessões terão direito ao reequilíbrio econômico-financeiro devido aos impactos provocados pela pandemia da Covid-19, considerada como evento de força maior”. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).