Caterpillar tem lucro menor no 2º trimestre com efeitos de Covid-19

A Caterpillar registrou um lucro de US$ 0,84 por ação, queda de 70,3% em relação ao ano anterior

A Caterpillar teve queda no lucro no segundo trimestre, com a recessão provocada pela pandemia de coronavírus deixando clientes receosos com grandes compras e afetando as vendas de equipamentos.

No segundo trimestre, a fabricante de equipamentos pesados registrou um lucro de US$ 0,84 por ação, queda de 70,3% em relação ao ano anterior.

LEIA MAIS: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

Analistas consultados pela Refinitiv, em média, esperavam lucro de US$ 0,68 por ação.

A receita caiu 31% ano a ano, para US$ 10 bilhões com as vendas diminuindo em todas as regiões e em seus principais segmentos – construção, mineração e energia e transporte.

A fabricante de equipamentos pesados, considerada um indicador da atividade econômica, disse que seus resultados financeiros serão impactados pela contínua incerteza econômica global devido à pandemia. Em razão disso, não restabeleceu seu guidance sobre lucros, que foi suspenso no final de março.

A Caterpillar disse que está cortando custos e priorizando o investimento em seus negócios de serviços, que deve manter-se melhor do que a demanda por equipamentos na crise. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).