Embraer assina financiamento de US$ 300 milhões com bancos

Roosevelt Cassio/Reuters
Roosevelt Cassio/Reuters

Acordo faz parte de sua operação de financiamento ao capital de giro para exportações

A Embraer comunicou hoje (23) que concluiu assinatura para financiamento total de US$ 300 milhões com cinco bancos públicos e privados, como parte de sua operação de financiamento ao capital de giro para exportações.

As instituições financeira são o Banco do Brasil, Bradesco, Morgan Stanley, Natixis e Santander.

LEIA MAIS: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

“Os desembolsos…já começaram e devem ser concluídos até o final de julho de 2020, reforçando a posição de caixa da companhia durante o segundo semestre de 2020 e 2021”, afirmou em comunicado da Embraer ao mercado.

De acordo com a fabricante de aviões, essas linhas de financiamento ao capital de giro têm prazos de 2 a 4 anos e os recursos serão usados durante toda a fase de produção até o momento do embarque dos produtos para o mercado externo.

A Embraer acrescentou que “continuará avaliando formas adicionais de financiamento de maneira a manter um perfil de endividamento de longo prazo e condizente com seu ciclo de negócios”. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).