J&J eleva perspectivas para 2020 após lucro do 2° tri superar estimativas

Reuters
Reuters

Johnson & Johnson elevou sua previsão de lucro para o ano inteiro e superou as estimativas dos analistas para o lucro trimestral hoje

A Johnson & Johnson elevou sua previsão de lucro para o ano inteiro e superou as estimativas dos analistas para o lucro trimestral hoje (16), com a força de sua unidade farmacêutica amortecendo uma forte queda nas vendas de seus dispositivos médicos em razão da pandemia de Covid-19.

O conglomerado de saúde, que está entre as empresas que correm para desenvolver uma vacina contra o coronavírus, planeja iniciar testes em humanos no final deste mês.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

As vendas de dispositivos médicos na J&J caíram um terço no segundo trimestre, com hospitais e pacientes adiando procedimentos não urgentes. O analista do JPMorgan, Chris Schott, disse que a unidade parece estar se beneficiando de uma recuperação mais rápida do que o esperado nesses procedimentos.

Alguns Estados começaram a retomar procedimentos médicos não essenciais, e a J&J disse em abril que espera uma recuperação na área no quarto trimestre deste ano.

Um forte desempenho em sua unidade farmacêutica, a maior delas, compensou parte da queda nas vendas de dispositivos médicos. A unidade foi ajudada pela forte demanda pelo medicamento Stelara, usado no tratamento da doença de Crohn e psoríase em placas, e pelo Darzalex, usado no tratamento de câncer.

A empresa elevou sua previsão de lucro ajustado de 2020 para US$ 7,75 a US$ 7,95 por ação, de sua estimativa anterior de US$ 7,50 a US$ 7,90 por ação.

A J&J registrou lucro líquido de US$ 3,63 bilhões, ou US$ 1,36 por ação, no segundo trimestre, abaixo dos US$ 5,61 bilhões, ou US$ 2,08 por ação, um ano antes.

Excluindo itens, a J&J ganhou US$ 1,67 por ação, superando a estimativa média dos analistas de US$ 1,49, de acordo com estimativa da Refinitiv. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).