Lucro trimestral do Citigroup despenca 73% com salto em provisões

O Citigroup teve lucro de US$ 1,32 bilhão, ou US$ 0,50 por ação

O Citigroup divulgou hoje (14) uma queda de quase 73% no lucro trimestral, conforme o banco reservou US$ 5,6 bilhões para se preparar para um potencial aumento na inadimplência decorrente da pandemia do novo coronavírus.

O banco com base em Nova York teve lucro de US$ 1,32 bilhão, ou US$ 0,50 por ação, no segundo trimestre encerrado em 30 de junho, abaixo dos US$ 4,8 bilhões, US$ 1,95 por ação no ano anterior. A receita aumentou 5%, para US$ 19,77 bilhões.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Analistas previam, em média, receita de US$ 19,12 bilhões, e lucro de US$ 0,28 por ação, segundo dados da Refinitiv. Não ficou claro imediatamente se as estimativas eram comparáveis com os números relatados pelo banco.

Como o terceiro maior emissor de cartões de crédito nos Estados Unidos, o Citi é especialmente suscetível a qualquer aumento na inadimplência, que tende a acompanhar de perto elevações no desemprego.

Até agora, o Citi ofereceu tolerância em 2 milhões de contas de cartão de crédito, representando 6% dos saldos, informou o banco.

Os depósitos no final do período subiram 18%, para US$ 1,23 trilhão, à medida que os programas de estímulo deixaram consumidores e clientes corporativos com mais dinheiro para ajudá-los a enfrentar as consequências econômicas da pandemia.

O total de empréstimos, no entanto, caiu marginalmente para US$ 685 bilhões.

As receitas com trading foram novamente um ponto positivo para o banco, uma vez que a volatilidade do mercado levou a mais atividades dos clientes, ajudando a compensar as taxas de juros mais baixas que dificultam os bancos a ganhar dinheiro com empréstimos.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

Houve aumento de 68% no segmento de renda fixa em relação ao ano anterior, ofuscando um declínio de 3% nas negociações com ações. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).