Ibovespa fecha acima de 102 mil pontos com alívio sobre Guedes

 Westend61/Getty Images
Westend61/Getty Images

Ações do Magalu disparam com resultados trimestrais robustos e influenciam ibovespa

O otimismo prevaleceu na bolsa paulista hoje (18), com o alívio em relação à permanência do ministro da Economia fazendo o Ibovespa voltar aos 102 mil pontos, enquanto Magazine Luiza disparou quase 10% na esteira de resultado trimestral robusto.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa fechou em alta de 2,48%, a 102.065,35 pontos. O volume financeiro somou R$ 29 bilhões.

Leia mais: Fintech de crédito imobiliário Pontte recebe aporte de R$ 160 milhões

Após ruídos de eventual saída de Paulo Guedes do governo pesarem no Ibovespa ontem (17), quando fechou abaixo de 100 mil pontos, tanto o ministro como o presidente Jair Bolsonaro buscaram ainda no final da segunda-feira acalmar investidores.

Bolsonaro disse à CNN Brasil que a saída do ministro “nunca foi cogitada” e que ele e Guedes estão alinhados na decisão de que há “possibilidade zero de furar o teto de gastos”. Guedes, por sua vez, afirmou que a confiança entre ele e o presidente é recíproca.

“Essas declarações geraram alívio nos mercados”, afirmou o analista Régis Chinchila, da Terra Investimentos, avaliando o desempenho do dia como recuperação com apoio de Magazine Luiza e no desempenho das ações de siderurgia e mineração.

Mas ele ponderou que o quadro fiscal ainda preocupa e pode comprometer mais estímulos para a retomada da economia brasileira.

No exterior, Wall Street teve novas máximas para o Nasdaq e o S&P 500, apoiadas no desempenho de papéis de tecnologia como Amazon.com, que vêm sendo consideradas as mais confiáveis para enfrentar a crise criada pela Covid-19.

Leia também: SpaceX capta US$ 1,9 bilhão em rodada de investimento

Entre as commodities, os futuros do minério de ferro saltaram, com ganhos tanto na bolsa chinesa de Dalian quanto em Singapura, em meio a expectativas de que o uso de aço na China deve seguir firme nos próximos meses, compensando uma demanda fraca no exterior. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).