IPO da rede de pet shop Petz pode movimentar até R$ 3,4 bilhões

NurPhoto /Getty Images
NurPhoto /Getty Images

A empresa e seus acionistas planejam oferecer 163.265.306 ações, mas isso pode aumentar para 220.408.162 ações

A rede brasileira de pet shops Petz planeja uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) que pode movimentar até R$ 3,4 bilhões, disse a empresa hoje (20).

A varejista, controlada pela gestora de fundos de private equity Warburg Pincus LLC, fixou uma faixa de preço entre R$ 12,25 e R$ 15,25 por papel, com o preço final a ser definido em 9 de setembro.

LEIA MAIS: Brasil torna-se o segundo maior mercado de produtos pet

A empresa e seus acionistas planejam oferecer 163.265.306 ações, mas isso pode aumentar para 220.408.162 ações, se incluídas as opções de lotes extras.

A Petz disse que usará os recursos para abrir novas lojas e hospitais veterinários e em tecnologia. Atualmente a rede possui 110 lojas.

Dependendo do número final de ações vendidas, a participação da Warburg Pincus pode cair para algo entre 20,82% e 5,49% dos 55,1% atuais, disse o documento. A empresa de private equity investiu pela primeira vez na Petz em 2013.

A Petz registrou vendas de R$ 731,6 milhões no primeiro semestre do ano, alta de 36,6% em relação ao ano anterior, com lucro líquido de R$ 22,1 milhões.

As unidades de banco de investimento do Itaú Unibanco Holding SA, Banco Santander Brasil SA, Bank of America, JPMorgan Chase & Co e Banco BTG Pactual SA coordenarão a oferta. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).