Lucro da Tencent supera estimativas com forte demanda por jogos

Reprodução
Reprodução

De acordo com o resultado, as receitas de redes sociais, fintech, serviços empresariais e publicidade social cresceram quase 30%

A gigante chinesa de jogos e mídia social Tencent reportou alta de 37% no lucro líquido no segundo trimestre, superando as estimativas do mercado, com a maior demanda por seus videogames, já que o coronavírus prejudicou outras opções de entretenimento.

A receita de jogos online, que responde por um terço das vendas, subiu 40% no trimestre, principalmente impulsionada por jogos para smartphones, incluindo Peacekeeper Elite e Honor of Kings. Isso compensou um declínio nos jogos para computador.

LEIA MAIS: Varejo sobe em junho e volta ao nível pré-pandemia

As receitas de redes sociais, fintech, serviços empresariais e publicidade social cresceram quase 30%.

No entanto, as receitas de publicidade na mídia caíram 25%, “como resultado da fraca demanda por publicidade de marca em meio ao ambiente macro desafiador” e atrasos na produção e lançamento de conteúdo.

A maior empresa de jogos do mundo em receita registrou lucro de 33,1 bilhões de iuanes (US$ 4,8 bilhões) no trimestre. Isso superou a estimativa média dos analistas de 27,56 bilhões de iuanes, de acordo com dados da Refinitiv.

A receita cresceu 29%, para 114,88 bilhões de iuanes, contra as expectativas do mercado de 112,76 bilhões de iuanes.

VEJA TAMBÉM: “Em alguns anos, as maiores empresas brasileiras serão de tecnologia”, diz Jorge Paulo Lemann

Os resultados foram divulgados poucos dias depois que os Estados Unidos anunciaram que irão proibir as transações relacionadas ao aplicativo WeChat no país.

O vice-presidente financeiro da Tencent, John Lo, disse que a empresa entendeu que o decreto está focado apenas no WeChat nos EUA e não em seus outros negócios no país.

A empresa está buscando esclarecimentos adicionais das partes relevantes sobre o decreto do governo Trump, disse Lo durante teleconferência com analistas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).