Auxílio emergencial soma R$ 207,9 bi para 67,2 milhões de pessoas

NurPhoto/GettyImages
NurPhoto/GettyImages

Nesta semana, o ministério da Economia elevou em R$ 63,6 bi a estimativa de déficit primário ao incorporar o impacto da prorrogação do auxílio

A Caixa alcança hoje (25) a marca de 304,5 milhões de pagamentos do auxílio emergencial, atendendo 67,2 milhões de pessoas. Os pagamentos somam um montante de R$ 207,9 bilhões disponibilizados pelo Governo Federal.

Hoje será pago R$ 1,6 bilhão do auxílio para 4 milhões de beneficiários nascidos em setembro e disponibilizados mais R$ 428,2 milhões referentes à primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Os ciclos de crédito em conta seguem até dezembro. Os beneficiários do Bolsa Família já passam a receber a primeira parcela do Auxílio Emergencial Residual, no valor de R$ 300,00. Os demais beneficiários recebem hoje R$ 600,00.

Na última terça-feira (22), o ministério da Economia elevou em R$ 63,6 bilhões a estimativa de déficit primário do governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência) no ano, para o valor recorde de R$ 861 bilhões ao incorporar o impacto da prorrogação do auxílio emergencial, um dos mecanismos usados no enfrentamento da crise aberta pelo coronavírus.

Com o acréscimo, a expectativa para o déficit primário em 2020 saiu de R$ 787,45 bilhões, para R$ 861 bilhões no ano. (Com Agência Brasil e Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).