B3 paga R$ 7 milhões para encerrar processo na CVM

Jacob H/ Getty Images
Jacob H/ Getty Images

Operadora era investigada por não coibir concentração nos mercados de derivativos e empréstimos

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou ontem (15) que fez um acordo por meio do qual a B3 aceitou pagar R$ 7 milhões para por fim a um processo no qual a operadora de infraestrutura de mercado era investigada por não coibir concentração nos mercados de derivativos e empréstimos.

Segundo o termo de compromisso, a B3 pagará R$ 6,3 milhões, enquanto Cícero Vieira, vice-presidente de operações, e André Monteiro, diretor de administração de riscos pagarão R$ 350 mil cada à CVM.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Segundo o regulador do mercado de capitais, o processo foi aberto para apurar a responsabilidade da B3 e de seus executivos por deixarem de verificar, entre maio de 2013 e janeiro de 2019, “a concentração no mercado de derivativos e de empréstimos de ativos por ela administrados e por deixar de aplicar as medidas de desconcentração previstas em seu regulamento”.

Em nota, a B3 afirmou que “assim que foi identificada a possibilidade de aprimoramento nos controles de limites de posições em derivativos mantidas por grupos de investidores atuando em conjunto, a B3 formulou um plano de ação, submetido ao regulador, para que esses aprimoramentos fossem realizados”. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).