Bradesco e JPMorgan fecham acordo para serviços de private banking

Negócio busca viabilizar a potencial transferência na prestação de serviços locais aos clientes de private banking do banco norte-americano que optarem por migrar para a instituição financeira brasileira.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Sergio Moraes/Reuters
Sergio Moraes/Reuters

De acordo com o comunicado do Bradesco à CVM, o JPMorgan continuará servindo seus clientes no país

Acessibilidade


O Bradesco firmou acordo com o JPMorgan para viabilizar a potencial transferência na prestação de serviços locais aos clientes de private banking do banco norte-americano que optarem por migrar para a instituição financeira brasileira.

De acordo com o comunicado do Bradesco à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na madrugada de hoje (1), o JPMorgan continuará servindo seus clientes no país, disponibilizando plataforma de produtos e serviços no exterior.

LEIA MAIS: Lucro do Bradesco cai 40% no 2º tri com reforço em provisões para enfrentar crise do coronavírus

“O acordo de indicação (referral) celebrado com o Bradesco está alinhado com o objetivo do J.P. Morgan de garantir a seus clientes a continuidade e excelência dos serviços atualmente prestados”, afirma o comunicado.

Os clientes que optarem pela migração para o Bradesco Private Bank terão acesso a uma ampla gama de produtos e serviços, incluindo orientação sucessória e cambial, assessoria em ativos não financeiros e operações estruturadas. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: