Bitcoin atinge máxima histórica no Brasil após PayPal adicionar transações com criptomoedas

Suriyapong Koktong - EyeEm / GettyImages
Suriyapong Koktong - EyeEm / GettyImages

Clientes poderão usar criptomoedas para fazer compras nos 26 milhões de comerciantes integrados em sua rede a partir do início de 2021

A entrada do PayPal no universo das criptomoedas anunciada hoje (21) movimentou o mercado e alavancou os preços do bitcoin. Às 12h52, horário de Brasília, a moeda digital era negociada com alta de 5,55%, no patamar histórico de R$ 70.586 a unidade.

Além do anúncio do PayPal, o montante é alcançado graças à desvalorização do dólar frente ao real. Na cotação da divisa norte-americana, o bitcoin é negociado em US$ 12,719 no mesmo horário, longe dos picos dos preços observados em 2017.

Somada às operações de compra e venda, o Paypal também atuará na custódia do BTC e de outras moedas virtuais em sua carteira. Os clientes poderão usar criptomoedas para compras nos 26 milhões de comércios integrados a rede a partir do início de 2021, informou a empresa em comunicado.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Apesar das transações serem realizadas em moedas digitais, a liquidação será feita através de moedas fiduciárias, como o real e o dólar, o que significa que os comerciantes não receberão pagamentos em moedas virtuais, disse a empresa.

A PayPal espera que o serviço incentive o uso global de moedas virtuais e prepare sua rede para novas moedas digitais que podem ser desenvolvidas por bancos centrais e corporações, disse o presidente-executivo, Dan Schulman, em entrevista.”Estamos trabalhando com bancos centrais e pensando em todas as formas de moedas digitais”, disse ele.

A PayPal tem 346 milhões de contas ativas em todo o mundo e computou US$ 222 bilhões em pagamentos no segundo trimestre. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).