CVC tem prejuízo de R$ 252,1 milhões no 2º trimestre

Reprodução/Forbes

A CVC Corp teve prejuízo líquido de R$ 252,1 milhões no segundo trimestre, de acordo com dados divulgados hoje (20) à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). As reservas confirmadas despencaram 94,7%, refletindo as medidas de restrição à circulação de pessoas em razão da pandemia.

Apenas no Brasil, o prejuízo líquido totalizou R$ 228,9 milhões, frente a um lucro líquido de R$ 34,5 milhões no mesmo período de 2019, fortemente impactado pela abrupta queda na receita líquida, de 99%, para R$ 4,4 milhões.

O Ebitda ajustado ficou negativo em R$ 155,3 milhões, contra resultado positivo de R$ 197,3 milhões no segundo trimestre de 2019.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A empresa ainda ressaltou que, de um endividamento total na ordem de R$ 2 bilhões, há R$ 600 milhões vencendo em novembro de 2020.A companhia avalia alternativas de captação e/ou rolagem dessa dívida.

“Adicionalmente, a companhia continua discutindo com os detentores de suas debêntures a obtenção de waivers para evitar o seu vencimento antecipado”, acrescentou o comunicado.

A operadora de turismo atrasou a divulgação de seu números após encontrar distorções contábeis. Os números do terceiro trimestre devem ser apresentados em 16 de novembro.

No comunicado, a CVC afirma que o resultado do terceiro trimestre já apresenta significativos e consistentes sinais de retomada. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).