Lucro da BlackRock fica acima do esperado, para US$ 1,42 bi no 3T

Reprodução/Forbes

A BlackRock, maior gestora de ativos do mundo, superou as estimativas de lucro dos analistas pelo quinto trimestre consecutivo, com a valorização dos ativos nos mercados financeiros globais.

O lucro líquido da empresa sediada em Nova York aumentou de US$ 1,12 bilhão (US$ 7,15 por ação) no 3T do ano passado, para US$ 1,42 bilhão (US$ 9,22 por ação) no mesmo período em 2020. Analistas esperavam lucro de US$ 7,80 por ação, segundo dados da Refinitiv.

As taxas de performance da BlackRock saltaram mais de quatro vezes em relação ao ano anterior.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A empresa saltou de US$ 6,96 trilhões em ativos sob gestão no ano passado, para US$ 7,81 trilhões no terceiro trimestre deste ano, um aumento de US$ 850 bilhões. Apenas em comparação com o segundo trimestre deste ano, os ativos sob gestão cresceram US$ 490 bilhões.

As entradas líquidas no trimestre totalizaram US$ 129 bilhões, disse a empresa, em comparação com US$ 100 bilhões no trimestre anterior. Mais de 50% dos fluxos de entrada de longo prazo da BlackRock foram impulsionados por clientes na Europa e da Ásia.

Os fundos de renda fixa da gestora arrecadaram US$ 70,36 bilhões, enquanto seu negócio de gestão de caixa atraiu US$ 27,8 bilhões em entradas líquidas no terceiro trimestre. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.Reprodução/Forbes

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).